PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Último desejo de Philip foi 'grito de guerra' em funeral para unir família

Príncipe Philip morreu aos 99 anos - ax Mumby/Indigo/Getty Images
Príncipe Philip morreu aos 99 anos Imagem: ax Mumby/Indigo/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/04/2021 18h40

O príncipe Philip, que morreu na última sexta-feira (9), queria como último pedido um "grito de guerra" em seu funeral para lembrar a família real de "apoiar a rainha e a instituição", de acordo com o jornal inglês Mirror.

A publicação também afirma que o duque de Edimburgo gostaria de ter um "funeral discreto". Apenas amigos, familiares e chefes de estados da Commonwealth devem participar do evento no próximo sábado (17).

O público não será autorizado a participar por conta da pandemia da covid-19. O Mirror destaca que os preparativos estão seguindo os "desejos de Philip" até o momento.

É a primeira vez que o príncipe Harry retorna ao Reino Unido após o rompimento com a realeza. Ele entrou em contato com o irmão William e o pai Charles para evitar conflitos por conta da polêmica entrevista dada a Oprah Winfrey, segundo o jornal britânico Metro.

O jornal The Daily Mail informou que a Rainha Elizabeth II aprovou a decisão de que nenhum membro da família usará farda no evento. A decisão foi tomada para contornar o impasse do príncipe Harry, que seria o único sem uniforme militar.

Famosos