PUBLICIDADE
Topo

'Tchaqui tchaqui', 'basculho': livro de Gil vai explicar bordões do ex-BBB

"É como se fosse um vocabulário que eu criei explicando de onde vem o "tchaqui tchaqui"", revelou Gil - Reprodução/TV Globo
"É como se fosse um vocabulário que eu criei explicando de onde vem o 'tchaqui tchaqui'", revelou Gil Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

16/05/2021 23h05Atualizada em 16/05/2021 23h28

Gilberto Nogueira, mais conhecido como Gil do Vigor, do "BBB 21" (TV Globo), anunciou nesta semana que já está escrevendo seu primeiro livro — uma biografia. Ele ainda não revelou o nome da obra, mas adiantou ao "Fantástico" que um dos capítulos tratará do tema que o torna tão carismático: seus bordões.

"Não vou contar [o nome do livro], não. É segredo", disse Gil em entrevista exibida hoje no programa. "Vai ter um capítulo sobre meus bordões, que é legal. É como se fosse um vocabulário que eu criei explicando de onde vem o 'tchaqui tchaqui', 'basculho' também."

Recém-contratado pela Globo, o ex-BBB também foi misterioso sobre o que fará na emissora, mas deu um pequeno spoiler: "Acho que vai ter alguma coisa sobre economia, uma cachorrada aqui, uma cachorrada ali."

Gil ainda reforçou que não vai deixar de lado o sonho de fazer seu PhD na Califórnia, nos Estados Unidos — vaga que conquistou quando ainda estava confinado. A irmã Janielly Nogueira, que definiu o economista como "protetor e chato", também reforçou a importância dada por Gil a sua carreira acadêmica.

"Sempre foi aquele rapaz que ensinava, que queria educação, que queria todo mundo estudando, na faculdade", lembrou ela.

O ex-BBB também contou dos momentos difíceis que passou na época da faculdade, quando chegava a levar até cinco horas para ir e voltar para casa, e foi elogiado por professores e ex-colegas de trabalho.

[Gil era] Um pouco mais comedido [na época da faculdade], mas sempre foi muito irreverente, sempre muito extrovertido, sempre era a alegria da sala de aula.
Paulo Vaz, professor de Economia da UFPE

"Acho que ele tinha um tchaqui tchaqui diferente, batia todas as metas. Além de tudo, estudava, brincava, era alegre, se divertia, alegrava todo mundo aqui", contou ao "Fantástico" Rose Cândido, sua ex-chefe.

Mãe "influencer"

O sucesso de Gil acabou respingando na mãe, Jacira Santana, que virou influenciadora nas redes sociais. Questionado pela reportagem sobre as dívidas de "mainha", como a chama, o ex-BBB revelou: nem precisou.

"Minha mãe ficou famosa, começou a trabalhar como influencer, começou a ganhar dinheiro", contou Gil.

A minha vida mudou da noite para o dia, eu não esperava. Foi um choque. (...) Eu trouxe ele para cá [casa], ele ficou chocado: 'Mainha, eu pensei que fosse dormir naquele quarto quente'. Eu disse 'não, tem um arzinho [condicionado] para você'. Coloquei para ele, né.
Jacira Santana, mãe de Gil do Vigor