PUBLICIDADE
Topo

Timberlake defende Britney após audiência de tutela: 'Devemos apoiá-la'

26.02.2002 - Justin Timberlake e Britney Spears no Grammy - L. Cohen/WireImage
26.02.2002 - Justin Timberlake e Britney Spears no Grammy Imagem: L. Cohen/WireImage

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/06/2021 22h57Atualizada em 23/06/2021 23h33

Justin Timberlake, ex-namorado de Britney Spears, manifestou seu apoio à cantora nas redes sociais. O cantor publicou uma série de mensagens após Spears participar remotamente de uma audiência na tarde de hoje para pedir o fim de sua tutela.

Em declaração, Britney disse estar "traumatizada" e "deprimida", além de revelar que seus tutores não permitem que ela remova seu DIU (dispositivo intrauterino), apesar de já ter expressado o desejo de casar e ter filhos.

"Depois do que vimos hoje, todos deveríamos apoiar Britney neste momento. Independentemente de nosso passado, bom e ruim, e não importa há quanto tempo isso aconteceu... O que está acontecendo com ela não é certo. Nenhuma mulher deveria ser impedida de tomar decisões em relação ao próprio corpo", escreveu Timberlake.

"Ninguém nunca deveria ser detido contra sua vontade ou ter que pedir permissão para acessar tudo o que conseguiu com trabalho duro", continuou.

O artista acrescentou que ele e sua mulher, a atriz Jessica Biel, apoiam Britney no caso.

"Jess e eu enviamos nosso amor e total apoio para Britney nesse momento. Esperamos que os tribunais e sua família façam o que é certo e a deixem viver como ela quiser viver", finalizou.

Britney está sob a tutela de seu pai e de um advogado desde 2008, quando foi hospitalizada duas vezes na ala psiquiátrica. Ambos controlam seus assuntos pessoais e comerciais desde então.

O assunto ganhou força após o lançamento do documentário "Framing Britney Spears: A Vida de uma Estrela", que mostra os altos e baixos da carreira de Britney, detalhes da tutela da cantora e o tratamento que a estrela recebeu da mídia e das celebridades na época, incluindo declarações polêmicas de Justin Timberlake.

No início do ano, diante da repercussão do documentário, Timberlake publicou um pedido de desculpas. Na mensagem, o astro se dirigiu a Britney Spears e a Janet Jackson, com quem Justin protagonizou um escândalo no Super Bowl de 2004: "Sei que falhei. Sinto que preciso falar isso, porque todo mundo envolvido nessas histórias merece algo melhor", escreveu.