PUBLICIDADE
Topo

Príncipe Harry mentiu sobre não ter recebido ajuda financeira na transição

Príncipe Harry no Malaui - POOL New
Príncipe Harry no Malaui Imagem: POOL New

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/06/2021 08h31

O príncipe Harry teria mentido ao dizer que não recebeu ajuda da família real britânica em sua transição com a esposa Meghan Markle, quando decidiram não serem mais membros da coroa, indo morar nos Estados Unidos. Harry, inclusive, declarou em sua entrevista a Oprah Winfrey que passou a viver do que sua mãe, princesa Diana, havia deixado para ele.

De acordo com documentos de pagamento da monarquia, o pai de Harry, o príncipe Charles, destinou mais de 30 milhões de reais aos filhos e suas famílias.

Um porta-voz da Clarence House, que representa Charles e sua esposa Camila Parker, garantiu em um comunicado que Harry e Meghan tiveram sim, um respaldo do sucessor da rainha Elizabeth 2ª:

"Como todos nós lembraremos, em janeiro de 2020, quando o duque e a duquesa' [Harry e Meghan] anunciaram que iriam se afastar dos trabalhos da família real, o duque disse que trabalhariam para se tornarem financeiramente independentes. O Príncipe de Gales alocou uma quantia substancial para apoiá-los nessa transição. Esse financiamento cessou no verão do ano passado. O casal agora é financeiramente independente", disse ele, que continuou:

"Não traio nenhuma confiança quando digo que eles tiveram muito sucesso em se tornarem financeiramente independentes. Eu não admitiria que eles são dramaticamente diferentes. Tudo o que posso dizer são os fatos".