PUBLICIDADE
Topo

Pai de Britney Spears ganha R$ 80 mil por mês como tutor da estrela

Britney Spears: veja quanto o pai dela ganha como tutor da estrela - Reprodução/Divulgação
Britney Spears: veja quanto o pai dela ganha como tutor da estrela Imagem: Reprodução/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

25/06/2021 13h13Atualizada em 28/06/2021 14h05

Jamie Spears, o pai da Britney, recebe um salário mensal de US$ 16 mil (cerca de R$ 80 mil) como tutor da cantora — e de sua fortuna —, é o que aponta um levantamento feito pelo jornal norte-americano New York Times.

Ele também recebe uma espécie de aluguel no valor de US$ 2 mil (cerca de R$ 10 mil) pelo aluguel do escritório.

Além disso, na figura de tutor, Jamie ainda recebeu autorização da Justiça dos Estados Unidos para tirar uma comissão de todos os contratos fechados por Britney.

Em 2011, durante a "Femme Fatale Tour" — que contou com 79 apresentações no mundo, incluindo uma em São Paulo e outra no Rio de Janeiro, ele ficou com uma comissão de 2,95% de tudo o que ela recebeu por seu trabalho.

Em 2014, ele fechou uma comissão de 1,5% de uma residência de shows que Britney fez em Las Vegas, a "Piece of Me" — que arrecadou US$ 138 milhões (cerca de R$ 700 milhões) em quase 250 shows.

Pra completar, Jamie tem o controle da fortuna de Britney Spears — que é avaliada em US$ 60 milhões (cerca de R$ 300 milhões). A cantora revelou também que ela tem um teto de gastos semanal de US$ 2 mil (cerca de R$ 10 mil), o que é metade do que seu pai recebe por semana como tutor.

Britney vai ao tribunal

A cantora Britney Spears pediu pelo fim de sua tutela, em uma audiência na tarde de anteontem na Califórnia, Estados Unidos. Desde 2008 sob a tutoria de seu pai, Jamie Spears, a cantora desabafou e fez o pedido para a juíza na ocasião:

Eu só quero minha vida de volta. Já se passaram 13 anos, é o suficiente. Faz muito tempo que eu não tenho o meu dinheiro. É meu desejo e meu sonho que isso acabe. [...] Não está certo me forçar a fazer algo que eu não quero fazer. Eu realmente acredito que essa tutela é abusiva. Eu não sinto que posso viver uma vida plena. Britney Spears

De acordo com informações do The Hollywood Reporter, Huffington Post, Entertainment Tonight, ABC News, CNN e Variety, a cantora leu uma declaração perante ao tribunal de forma remota por 24 minutos, o que aconteceu por volta das 15h no horário de Brasília.

Apenas gravações do áudio da audiência foram permitidas pela corte e, quando uma advogada presente no momento pediu para o momento não ser público em respeito à privacidade de Britney e de seus filhos, a cantora negou.

"Eles fizeram um bom trabalho explorando minha vida. Portanto, sinto que deveria ser uma audiência pública e eles deveriam ouvir o que tenho a dizer", afirmou ela.

"Muita coisa aconteceu desde dois anos atrás, a última vez que estive no tribunal. Eu não acho que fui ouvida em qualquer nível quando fui ao tribunal da última vez", começou Britney em seu discurso.

A cantora afirmou que foi forçada a fazer uma turnê em 2018, como expôs o The New York Times nesta semana. A artista fez outras queixas, incluindo que não pode andar de carro com o namorado sozinho e que foi forçada a mudar sua medicação para uma à base de lítio após se negar a fazer um novo show em Las Vegas.