PUBLICIDADE
Topo

Yasmin Brunet diz que aguenta 'calúnias' por amar Gabriel Medina

Yasmin Brunet traz mensagem reflexiva nas redes sociais - Reprodução/Instagram
Yasmin Brunet traz mensagem reflexiva nas redes sociais Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/06/2021 15h56

Yasmin Brunet deixou claro hoje que aguenta as "calúnias" que fazem sob ela por amar "muito alguém". Em uma caixinha de perguntas aberta nos stories de seu Instagram oficial, a modelo respondeu a um internauta que quis saber como ela lida com as fofocas que vê na mídia.

"Como é que você aguenta tanta calúnia? Deus te proteja, florzinha", disse o seguidor.

Ela, então respondeu:

"Porque sei que a verdade sempre aparece e Deus vê tudo", iniciou ela.

"E não é por mim que eu aguento, não. É por alguém que amo", finalizou.

Yasmin Brunet responde pergunta sobre calúnias - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Apesar de não citar nomes, Yasmin Brunet e a mãe de Gabriel Medina não são muito amigas. O desentendimento entre as duas veio à tona quando o público notou que Brunet e Medina não seguiam os pais do atleta nas redes. Na época, a mãe do surfista foi acusada de ser "aproveitadora". Em entrevista à Quem, ela declarou que não era interesseira e definiu a relação da loira e de seu filho como "controladora".

"Não sou famosa, não quero ser famosa e não vou ficar alimentando esse tipo de notícia, mas elas não procedem. Eu não recebia mesada do Gabriel de R$ 200 mil, eu simplesmente sou sócia da SGM Esportes (Simone Gabriel Medina Esportes: empresa de consultoria esportiva e gestão empresarial, aberta em 2014). Eu e meu marido investimos muito no início da carreira, o Gabriel ainda não era Medina. Meu marido (Charles) o treinou desde o início da vida até o ano passado e não ganhou um centavo sequer. Todo mundo atacou meu marido, mas ele não ganhou nada", iniciou ela.

"Ela (Yasmin) chegou para passar um fim de semana e não saiu mais da casa dele. Eles vivem uma relação controladora. Nem com a irmã ele fala mais. Ela afastou ele de todo mundo. Ela determina o que ele deve comer. Eu nunca fui para casa do Gabriel sem ser convidada e nem sem avisar. Ele morava longe de mim há 7 anos. A gente não está se falando agora por causa de tudo isso. Nós somos uma empresa, mas agora estamos dissolvendo outra empresa", completou a matriarca.