PUBLICIDADE
Topo

Repórter da CNN deixa o Afeganistão em avião com refugiados

Clarissa Ward, repórter da CNN norte-americana, abandona link ao vivo no Afeganistão - Reprodução/YouTube
Clarissa Ward, repórter da CNN norte-americana, abandona link ao vivo no Afeganistão Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

20/08/2021 22h21

A repórter norte-americana Clarissa Ward, da CNN, deixou hoje a cidade de Cabul, capital do Afeganistão, após a cobertura no país mostrando a tomada do poder realizada pelo grupo Taleban nos últimos dias.

"Em nosso vôo e nos preparando para a decolagem", escreveu ela ao publicar uma foto no Twitter em que mostra os refugiados em um avião sem informar o destino.

Ward enfrentou dificuldades durante a cobertura em relação ao Taleban. Ao vivo em um dos telejornais da emissora, ela pediu para abandonar a transmissão por questão de segurança.

Em entrevista ao apresentador William Waak, da CNN Brasil, ela afirmou ter a "sensação de estar no limite" quando perguntada sobre a relação da imprensa ocidental com o Taleban.

O Talibã tem sido bem receptivo e cordial com os jornalistas dizendo que podemos sair e fazer nosso trabalho com as reportagens. Mas sempre se tem uma sensação de estar no limite. Com tantos combatentes diferentes, nunca se sabe em quem você vai esbarrar e qual vai ser a reação.
Clarissa Ward em entrevista à CNN Brasil

Recentemente, Clarissa negou que tenha passado a usar a abaya, vestimenta preta muito comum entre as mulheres nos países árabes, por conta da tomada do poder pelo Taleban.