PUBLICIDADE
Topo

Especial BBB20

10 programas para órfãos do BBB não morrerem de tédio até a próxima edição

Elenco da série "Casamento às Cegas" - Divulgação
Elenco da série "Casamento às Cegas" Imagem: Divulgação

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

28/04/2020 04h00

O Big Brother Brasil 2020 chegou ao fim na noite de ontem, com uma edição histórica transmitida durante a pandemia do novo coronavírus que conquistar o público e bater recordes de audiência. O sucesso foi tanto que o próprio diretor Boninho chegou a cogitar nas redes sociais a realização de um segundo BBB ainda este ano, como já aconteceu no passado.

Enquanto nada se confirma, os milhões de órfãos do programa global não precisam esperar meses até a próxima edição. No streaming e TV, existe um cardápio com várias opções de reality shows, com propostas parecidas ou bem diferentes, que podem ajudar fãs a matar a saudade da competição ou ao menos ampliar seu gosto televisivo. Veja a seguir.

'Brincando com Fogo' (Netflix)

Vários bonitões, entre modelos, atores e influencers, são colocados em um retiro paradisíaco no México para concorrer a um prêmio de US$ 100 mil. A única regra: você não pode transar, beijar ou se autossatisfazer sexualmente. Imagine o episódio "The Contest", da sitcom "Seinfeld", em que os personagens apostam quanto tempo conseguem ficar sem se masturbar, e o misture ao Big Brother.

'Casamento às Cegas' (Netflix)

Trinta homens e mulheres se encontram para se conhecer melhor e, quem sabe, engatar um romance que pode terminar em casório. Só um detalhe: os encontros promovidos pela série acontecem em cabines que impossibilitam os eventuais pombinhos de se verem. O amor é realmente cego? E você iniciaria um noivado com alguém que nunca viu antes? São questionamentos complexos.

'The Circle Brasil' (Netflix)

Na versão brasileira, nove participantes disputam um prêmio de R$ 300 mil, com cada um vivendo em um apartamento do mesmo prédio. Mas, diferentemente do BBB, eles não convivem no mesmo espaço e só podem se comunicar por meio de uma plataforma de voz chamada "Circle", que funciona como uma espécie de rede social. Nada muito distante de boa parte dos relacionamentos em tempos de pandemia.

'De Férias com o Ex' (UOL Play, MTV Play)

Versão brasileira do britânico "Ex on the Beach", o programa é estrelado por cinco homens e cinco mulheres que desfrutam de um paraíso em uma mansão luxuosa. Pegação e romances estão liberados. O problema é que a paz é sempre interrompida quando ex-namorados dos participantes começam a aparecer inesperadamente a cada episódio. Um experimento social um tanto controverso, mas que deu certo e já está na sexta temporada.

'Queer Eye' (Netflix)

Cinco homens homossexuais, batizados de "Fab 5", especializados em gastronomia, moda, beleza, design de interiores e cultura, "reformam" homens e mulheres que se encontram em profundo estado de desleixo pessoal. Mas a série americana, continuação de "Queer Eye for the Straight Guy", é muito mais que isso. Trata-se de um dos melhores e mais inspiradores reality shows da atualidade, com lições fundamentais de vida e autoaceitação. Ainda há planos para uma versão brasileira.

'Mestre do Sabor' (Globo)

Um grupo de chefs experientes precisa elaborar pratos diferenciados valorizando a gastronomia nacional. Enquanto o "Masterchef" não volta à programação da Band, esta é uma boa e despretensiosa opção para fãs da adrenalina das competições culinárias. A segunda temporada, por sinal, estreia nesta quinta, novamente comandada pelo francês Claude Troisgros.

'Catfish' (MTV)

Acompanha relacionamentos nascidos na internet, com casais que interagem via rede e tantas vezes mentem sobre si mesmos, enganando o parceiro. Essa "pegadinha" é o mote da atração, que é baseada na série documental homônima produzida pela MTV e está disponível no Brasil nas edições americana e brasileira. O famoso conto do vigário. Quem nunca caiu nele?

Ricardo e Ciro no Catfish Brasil, da MTV: programa será exibido dentro do Domingo Espetacular, da Record (Divulgação/ MTV) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

'RuPaul's Drag Race' (Netflix)

Se você está cansado da heteronormatividade da maioria dos realities e ainda não conhece "RuPaul's Drag Race", ela pode se transformar em sua série favorita. A competição de drag queens capitaneada por RuPaul existe desde 2009, já venceu diversos prêmios e é sinônimo de entretenimento de qualidade no formato, sem deixar a profundidade das personagens de lado.

'Making the Cut' (Amazon Prime)

A competição de estilistas é criada e apresentada pela modelo Heidi Klum e o consultor de moda Tim Gunn. Diferentemente de "Next in Fashion", da rival Netflix, traz uma pegada mais empresarial, cuja proposta é criar uma marca que seja ao mesmo tempo acessível (ao padrão americano), estilosa e vendável. Um didático divertimento, principalmente para quem trabalha no ramo e quer começar a empreender.

'Marie Kondo: A Magia da Arrumação' (Netflix)

Diz a sabedoria popular da internet que a autora japonesa Marie Kondo, de "A Magia da Arrumação" (2019), estava apenas preparando o mundo para os tempos de quarentena, com as pessoas presas dentro de casa tendo de lidar com a própria bagunça. Os aprendizados da série são inúmeros, com efeitos terapêuticos, e o serviço prestado traz toda a sapiência da filosofia oriental.

Especial BBB20