PUBLICIDADE
Topo

Diabetes e obstrução de artéria: os problemas de saúde de Faustão

O apresentador foi internado nesta semana com um quadro de infecção urinária - Reprodução/TV Globo
O apresentador foi internado nesta semana com um quadro de infecção urinária Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

12/06/2021 04h00

O apresentador Fausto Silva foi internado na quinta-feira (10) em São Paulo com infecção urinária.

Aos 71 anos, Faustão já passou por alguns sustos de saúde. Relembre:

Retenção de líquidos

Em fevereiro deste ano, Faustão apareceu no "Domingão" muito mais magro de uma semana para outra. Na época, a Globo explicou que os episódios de janeiro e fevereiro foram gravados em épocas diferentes, e entre as duas o apresentador fez um tratamento para retenção de líquidos. Em março, o apresentador explicou que reteve 26 quilos de líquido:

Eu fiz um tratamento doido aí e tomei aquele negócio de cortisona. Eu fui inchando, inchando, até que falei 'para onde eu vou? vou virar um balão?' Aí eu fui gravando o programa e descobri depois que eu estava com 26 quilos em líquido.

E brincou: "Só que o último programa de janeiro foi gravado em outubro, e o primeiro de fevereiro foi gravado depois. Os caras olharam e falaram: que milagre é esse, por**? Eu esqueci de explicar".

Artéria obstruída

Em fevereiro de 2018, Faustão precisou passar por uma angioplastia, procedimento realizado para desobstruir artérias "entupidas". Na época, ele explicou a cirurgia em entrevista ao programa "TV Fama":

"Sempre faço exame, já sabia que tinha uma pequena obstrução e ela aumentou. Obstrução na artéria do coração. Resolvi fazer os exames e em seguida o cateter, e aí você desobstrui e põe o chamado stent."

Diabetes

Faustão tem diabetes e já precisou passar por alguns procedimentos para controlar os efeitos da doença, caracterizada pela resistência do corpo à insulina — hormônio que regula a glicose no sangue.

Em 2009, o apresentador fez uma cirurgia bariátrica para reduzir seu peso. Ele apostou em uma interposição ileal, cirurgia controversa e ainda não aprovada pelo CFM (Conselho Federal de Medicina) que promete aumentar a produção de hormônios da saciedade e melhorar o diabetes.