Topo

Com 59,50% dos votos, Wagner é o décimo eliminado do "BBB18"

Reprodução/TvGlobo
Wagner ouve Tiago Leifert anunciar o resultado do décimo paredão Imagem: Reprodução/TvGlobo

Do UOL, em São Paulo

03/04/2018 23h26

O artista visual Wagner recebeu 59,50% dos votos no paredão realizado nesta terça-feira (03) e foi o décimo participante a ser eliminado no "BBB18". O paranaense deixou a casa após perder a disputa para família Lima, que teve apenas 40,50% da rejeição popular e se mantém na busca pelo prêmio de R$ 1,5 milhão.

Antes de anunciar o resultado, Tiago Leifert avisou novamente o público que mudaria de estúdio para evitar interferências externas. Perguntado sobre quem torceria caso fosse eliminado, Wagner escolheu Gleici, Paula e Viegas. O apresentador pediu para ele escolher apenas um participante e o paranaense elegeu a acreana como sua favorita. 

"As pessoas tem a tendência de acreditar umas nas outras. Não estou sendo romântico, é uma questão de sobrevivência. Nesse jogo, colocamos vocês contra seus instintos para que vocês cacem uns aos outros. O jogo termina individual para cada um. Agora é a vez de Wagner", afirmou Leifert.

Reprodução/TvGlobo
Imagem: Reprodução/TvGlobo

Após a eliminação, o apresentador anunciou que as últimas provas do líder do programa serão para todos, com isso não existe mais testamento do eliminado. 

A indicação de Wagner para o paredão já era esperada. No dia anterior da votação, o líder da semana, Kaysar já tinha declarado voto no paranaense. Durante a formação do décimo paredão, o sírio se justificou: "Chegamos agora a um ponto agora do jogo em que nos conhecemos mais. Eu via as pessoas de outro jeito. Hoje já consegui pensar e conhecer melhor, e mudei um pouco a maneira como vejo as coisas. Mas meu voto não será surpresa pra ninguém. Voto no Wagner". 

O artista das imunidades 

Último participante do "BBB18" a ser anunciado, o artista plástico Wagner disse ser mulherengo e viver "cercado de mulheres". Dentro do reality sua fama não se mostrou verdadeira, já que o paranaense só formou casal com Gleici após a sister insistir diversas vezes. 

Bastante reservado, o brother garantiu que não iria se expor dentro do programa. Ele passou despercebido no primeiro mês de confinamento e se especializou em "fugir" dos paredões. Depois de dez berlindas disputadas, o brother esteve imune em cinco e só foi indicado em uma votação. Uma das imunidades veio por meio de uma liderança e as outras quarto provenientes de anjos ou consequências de provas. 

Reprodução/GloboPlay
Imagem: Reprodução/GloboPlay

Logo no início do reality, o paranaense se aproximou de Caruso e Viegas, formando um trio que votava junto. Sua primeira discussão na casa aconteceu com Lucas, após chamar o cearense de "pessoa perfeita" e garantir que tinha um "pé atrás" em relação a ele. Ele também usou uma música do grupo Racionais Mcs para provocar Nayara, além de atingir Lucas e Jéssica. 

Durante a festa "Samba", Gleici roubou o primeiro selinho do artista plástico. Deste então, a dupla iniciou um romance que demorou semanas para se concretizar. Apenas durante a festa "Fiat Cronos", o casal se beijou e foi para embaixo do edredom.  A cena começou a se tornar frequente, já que após todas as festas os dois se aproximavam para trocar carícias mais quentes. 

Reprodução/Gshow
Imagem: Reprodução/Gshow

A situação de Wagner mudou bruscamente na sétima prova do líder: após um erro de Viegas, com quem fazia dupla, ambos foram eliminados da competição. Os dois brigaram feio e o músico pediu para ser indicado ao paredão. Na sequência, o paranaense não seguiu os votos de seu antigo trio e colocou Diego na berlinda, fazendo com que seus antigos aliados se afastassem. 

Apesar de seu voto, o artista plástico foi até Caruso e Viegas para garantir que o trio estava mantido. Os dois não confiaram em suas palavras e se afastaram ainda mais. No mesmo dia da tentativa de reaproximação, Wagner garantiu que preferia defender a família Lima do que os antigos amigos

Ameaçado pela berlinda, Wagner venceu, ao lado de Breno, a nona prova do líder. Sua nova postura do jogo desagradou Caruso, que atacou Gleici. Irritado, o paranaense disparou para o paulistano: "Sua autoestima está lá nas alturas". Caruso chegou a comparar a acreana com Yoko Ono e dizer que a sister foi responsável pelo rompimento do trio. 

Reprodução/Globoplay
Imagem: Reprodução/Globoplay

Suas fugas das votações eram tão claras, que seu próprio par romântico no programa brincou: "Tá na hora de você ir para o paredão". Em sua última semana no confinamento, e já indicado para a berlinda, Wagner se dedicou a fazer ataques contra Kaysar. Primeiro, ele comentou: "Se um gringo ganhar o 'BBB', é fim do mundo"

No dia seguinte, o paranaense voltou a atacar o sírio ao dizer que Kaysar é "bobo alegre" e citar "jogo de cobras criadas". Ele também se dedicou a falar mal de Viegas, seu antigo aliado no confinamento. Segundo Wagner, o músico teria "medo de bater de frente" com ele em uma paredão. 

Em seu último dia no programa, o artista plástico prometeu uma tatuagem para homenagear Gleici. Ele também voltou a fazer ataques contra o garçom: "Kaysar se faz de morto para comer o coveiro". Já com grande rejeição fora da casa, Wagner especulou sobre as condições financeiras da família de Kaysar na Síria e recebeu muitas críticas do público nas redes sociais.