Topo

Novela

A Dona do Pedaço


A Dona do Pedaço: Ana Furtado revela como quase ignorou convite de Walcyr

Ana Furtado e Agatha Moreira nos bastidores das gravações: Jô vai se regenerar? - Reprodução/Instagram
Ana Furtado e Agatha Moreira nos bastidores das gravações: Jô vai se regenerar? Imagem: Reprodução/Instagram

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

15/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Ana Furtado estreia hoje nos últimos capítulos de A Dona do Pedaço
  • Ela será a presidiária evangélica Gerusa, que abraça a missão de converter Josiane (Agatha Moreira)
  • A apresentadora conta que quase não atendeu ao convite para a novela, por não saber que a ligação era do autor Walcyr Carrasco
  • Ana volta às novelas após 10 anos, exceto por algumas participações como ela mesma
  • "Tive que me colocar completamente à disposição da personagem, me desconstruindo sem nenhum tipo de pudor ou temor", afirma

Convidada para os últimos capítulos de A Dona do Pedaço, Ana Furtado será fundamental na virada da história da vilã Josiane (Agatha Moreira). A partir do capítulo de hoje (15), a apresentadora e atriz aparecerá na novela como Gerusa, uma presidiária evangélica que abraçará a missão de ajudar a filha de Maria da Paz (Juliana Paes) a se arrepender de seus pecados.

Em entrevista ao UOL, a apresentadora do É de Casa disse que possui em comum com a personagem o fato de cultivar a espiritualidade. "A fé nunca me abandonou e nem falhou", afirma ela, que no ano passado dividiu com os fãs o seu tratamento contra um câncer de mama.

Ana acredita na salvação de Josiane, ainda que desconfie das verdadeiras intenções da personagem que traiu a mãe com o padrasto e que foi condenada a 30 anos de prisão por dois homicídios e a tentativa de assassinato do namorado, Téo (Rainer Cadete), com um picador de gelo.

O que se especula sobre o fim da novela, mantido em segredo pela Globo, é que tanto ela quanto Régis (Reynaldo Gianecchini) se tornarão evangélicos, mas não se sabe ainda se a ex-patricinha irá realmente se regenerar ou se tudo faz parte de um novo golpe. Nesta semana, a atriz Agatha Moreira apareceu em uma foto usando um aplique de cabelo, dando uma pista da transformação pela qual Jô passará.

"Josiane acaba procurando a Gerusa porque tem esperança de ser transformada através da palavra de Deus. É muito bonita essa tentativa de redenção dela. Gerusa é uma referência de fé, bondade e amor a Deus na prisão e se torna uma amiga essencial para essa tentativa de transformação", conta.

"Eu acredito no arrependimento, no perdão e na transformação das pessoas. E Gerusa também. Nada é impossível para Deus. Porém, para que isso seja legítimo e alcançado, é fundamental que seja verdadeiro. E a Josiane sempre teve um caráter duvidoso, mas nada é impossível."

Walcyr na espera

A apresentadora recebeu o convite para dar vida a Gerusa do próprio Walcyr Carrasco. Curiosamente, o marido de Ana, Boninho, também fez uma participação na novela, mas como ele mesmo, dirigindo o reality show da novela, Best Cake. Ela conta que quase ignorou a ligação do autor de A Dona do Pedaço.

"[O convite] Foi através de um telefonema de um número desconhecido em uma noite de setembro. Não atendia e a pessoa insistia, o número era de São Paulo. Atendi e era o Walcyr! Ele me falou sobre a personagem e aceitei na hora", diz, aos risos.

Sempre fui muito fã do Walcyr e sonhava fazer uma novela dele. Cheguei a fazer uma participação em O Outro Lado do Paraíso, mas como eu mesma assistindo a um desfile. Foi legal, mas não é a mesma coisa. Quando recebi a ligação dele quase caí para trás. Não esperava mesmo! Fiquei muito feliz. Quando ele me contou sobre a Gerusa, sobre o universo dela, o que ela faria, entendi que estava diante de um desafio irrecusável.

"Me desconstruí sem pudor ou temor"

Ana Furtado interpreta a presidiária Gerusa em A Dona do Pedaço - Ivan Oliveira/Reprodução/TV Globo
Ana Furtado interpreta a presidiária Gerusa em A Dona do Pedaço
Imagem: Ivan Oliveira/Reprodução/TV Globo
Ana Furtado estreou na televisão como atriz e participou de várias novelas da Globo, como Cara & Coroa (1995), Pecado Capital (1998), Páginas da Vida (2006) e Caminho das Índias (2009). Desde então, fez outros trabalhos na teledramaturgia da emissora, mas em participações como ela mesma. O gostinho de retornar ao set após dez anos, afirma, foi bastante desafiador.

"Não tive dificuldade. Mas se você me perguntar se foi um grande desafio a resposta é sim. Um dos maiores para mim na dramaturgia. Gerusa é uma mulher muito diferente de mim. O que temos mais em comum é a fé. Tive que me colocar completamente à disposição da personagem, me desconstruindo sem nenhum tipo de pudor ou temor. No visual, postura física, no jeito de falar. Fiz de corpo e alma, com o meu coração inteiro em cena", diz ela.

Após a participação de poucos capítulos, a apresentadora do É de Casa diz estar aberta para novos convites.

Tenho adorado fazer essas participações nos últimos 10 anos. E nunca disse não para nenhum convite. Nunca direi. Sou uma profissional que ama o que faz e disponível para ambos ofícios de apresentar e atuar. Embora a apresentação seja o meu maior investimento e prazer na última década. Não faço muitos planos para o futuro. Aprendi a viver um dia de cada vez e a ser surpreendida com o que de melhor a vida possa me proporcionar.

A Dona do Pedaço chega ao fim na sexta, dia 22 de novembro. Na segunda estreia Amor de Mãe, de Manuela Dias e com direção artística de José Luiz Villamarim.

A Dona do Pedaço