PUBLICIDADE
Topo

Internado, Szafir agradece apoio de Sasha: 'Pai mais orgulhoso desse mundo'

Luciano Szafir e Sasha Meneghel - Reprodução/Instagram @sashameneghel
Luciano Szafir e Sasha Meneghel Imagem: Reprodução/Instagram @sashameneghel

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/07/2021 16h23Atualizada em 15/07/2021 17h34

Internado em razão de complicações da covid-19, Luciano Szafir, 52, está se recuperando da doença e até usando as redes sociais para tranquilizar os fãs. Hoje, o ator agradeceu a mensagem de apoio da filha, Sasha Meneghel, e se declarou para a jovem.

O ator foi ao perfil no Instagram da filha, onde ela postou uma foto ao seu lado e declarou amá-lo, e agradeceu a mensagem dizendo ser o 'pai mais orgulhoso desse mundo'.

Luciano Szafir responde mensagem de apoio de Sasha Meneghel - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Luciano Szafir responde mensagem de apoio de Sasha Meneghel
Imagem: Reprodução/Instagram

"Te amo tanto, fi, que mulher você se tornou. Sou o pai mais orgulhoso desse mundo", escreveu o ator.

A interação de Szafir animou os fãs de Sasha. "Que bom que você está se recuperando", escreveu um seguidor.

Luciano Szafir tem apresentado melhora gradativa do quadro de covid-19. Em um vídeo que está circulando nas redes sociais, o ator de 52 anos aparece sendo alimentado pela mulher Luhanna Melloni.

Internação de Luciano Szafir

É a segunda vez que o ator é infectado com o vírus. Ele optou pela internação após sentir os primeiros sintomas. "Ainda não tomou vacina porque não chegou a idade dele no Rio", disse o empresário de Szafir, Ivan Neves, em junho.

Na última quarta-feira (7), o ator passou por uma cirurgia após uma complicação causada pela covid-19. No dia seguinte, ele foi transferido do hospital Samaritano Barra, no Rio de Janeiro, para o hospital Copa Star.

Luciano Szafir apresentou "melhora progressiva" segundo boletim médico divulgado na segunda-feira (12).

Em entrevista à coluna de Patrícia Kogut no jornal O Globo, o médico responsável pelo tratamento, João Pantoja, explicou que ainda não há previsão de alta.