PUBLICIDADE
Topo

Famosos


Astrid Fontenelle elogia última lição de Gugu: doar todos órgãos possíveis

Francisco Cepeda e Thiago Duran/AgNews
Imagem: Francisco Cepeda e Thiago Duran/AgNews

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

28/11/2019 18h40Atualizada em 28/11/2019 23h24

Amiga próxima da família Liberato, a apresentadora Astrid Fontenelle destacou que, além de ter tido uma trajetória exemplar, profissional e pessoalmente, Gugu também deixou uma última lição com jeito de ação de bondade: doar todos os órgãos possíveis, ajudando a salvar dezenas de vidas.

"Sou muito próxima de todos. Da Aparecida, irmã, numeróloga, que fez mapa do meu filhos. Na TV, tudo o que a gente faz é passageiro. Mas esse ato de ele querer doar todos os órgãos é de uma generosidade que mostra realmente quem ele era", diz Astrid, que na saída do velório na Alesp foi muito abraçada e consolada pelo irmão do apresentador, Armandio Liberato.

Ela também é doada declarada de órgãos. "A gente vive num país em que ainda existe muito preconceito com a doação. Sempre inventam desculpa pra não doar. Mas calhou de o Gugu estar nos Estados Unidos, com toda toda a estritura para aproveitar tudo."

"Vamos ter 50 Gugus vivos por aí. Não importa se é americano, peruano, brasileiro. O que importa é que essa é uma mensagem que precisa ser referendada como está sendo por causa dele", conclui família.

Enterro será amanhã

O corpo de Gugu será velado até amanhã na Alesp. O cortejo para o enterro, no Cemitério Gethsêmani, deverá acontecer em carro do Corpo de Bombeiros a partir das 10h (de Brasília), e passará por ruas de bairros das zonas oeste e sul da capital paulista.

A morte de Gugu Liberato foi anunciada pela família oficialmente na semana passada, após o apresentador sofrer um acidente doméstico na quarta-feira (20), nos Estados Unidos.

De acordo com nota oficial, ele teve uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão de sua casa, em Orlando (EUA).

Famosos