PUBLICIDADE
Topo

Mônica Martelli fala sobre piora de Paulo Gustavo: 'Não perco a esperança'

Mônica Martelli compartilhou foto com Paulo Gustavo - Reprodução/Instagram
Mônica Martelli compartilhou foto com Paulo Gustavo Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/05/2021 18h34

Mônica Martelli falou sobre o estado de saúde do amigo Paulo Gustavo. Hoje, a assessoria de imprensa informou que o ator apresentou "complicações graves" após uma embolia gasosa.

Meu amor, meu irmão, tudo que a medicina pode fazer por você, está sendo feito. Não perco jamais a esperança, a fé, as orações não param, a positividade nos comanda. Tudo para que você saia dessa situação. Você representa vida.

Em publicação feita no Instagram, a atriz destacou que o país inteiro está unido pela recuperação de Paulo. "A vida é difícil e dura sem suas tiradas hilárias, suas histórias, suas ideias, sua genialidade em olhar o mundo. Sem a sua alegria e sua gargalhada não dá para viver".

"Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade", reforçou o boletim médico publicado hoje pela equipe de Paulo Gustavo, que está internado por conta da covid-19 desde o dia 13 de março.

O histórico do estado de Paulo Gustavo

Paulo Gustavo foi intubado em 21 de março, após 8 dias de internação para combater a covid-19. O ator, no entanto, continuou a apresentar piora do quadro respiratório e, no dia 2 de abril, a equipe médica decidiu submetê-lo à terapia por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea) na UTI, uma técnica também conhecida como pulmão artificial que auxilia na oxigenação do sangue.

No dia 4 e, novamente, no dia 9 de abril, o ator passou por procedimentos por via endoscópica (toracoscopia) para corrigir fístulas bronco-pleurais, uma comunicação anormal entre brônquios e pleura, a membrana dos pulmões, que permite o vazamento de ar.

Em 11 de abril, o ator seguia em estado crítico, teve nova fístula detectada, segundo nota à imprensa, e recebeu reposição de fatores de coagulação. No dia 15 de abril, um novo boletim médico afirmou que ele também foi submetido naquela semana a "várias intervenções, como broncoscopias, e alguns procedimentos cirúrgicos" que controlaram hemorragias.

Antes do boletim de hoje, o último a respeito do quadro de saúde do humorista foi divulgado à imprensa no dia 26 de abril. O texto diz que ele continuava em estado grave e na UTI (Unidade de terapia intensiva), e que foi identificada uma nova pneumonia bacteriana.