Topo

Coluna

Flávio Ricco

Produções em parceria criam perspectivas interessantes na TV

Divulgação
Nilton Bicudo caracterizado para a série do Canal Brasil Imagem: Divulgação
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

28/11/2015 07h01

O canal Brasil, da Globosat, e a produtora Medialand estão investindo em uma série de telefilmes, intitulada “Filme B”, um gênero ainda pouco explorado no país.

Serão 5 programas de 70 minutos cada, previstos para exibição no segundo semestre de 2016, que irão explorar, sempre com muitas doses de humor e sustos, temas que são sucesso na televisão e no cinema. Tais como zumbis, vampiros, mutantes, carros com vida e bonecas amaldiçoadas.

As gravações do primeiro episódio, “A Bonequinha da Mamãe” aconteceram no comecinho deste mês, nos estúdios da produtora, no bairro do Butantã, em São Paulo.

No elenco, entre outros, Nilton Bicudo, Ricardo Ciciliano (ex-“Malhação”), Marili Maria, Rodrigo Miallaret, Letícia Coura, Eder Santos e Gabriela Garcia, além de uma participação especial de Luisa Marilac.
Este tipo de empreendimento, além de se constituir em uma outra importante opção para o público, abre uma nova perspectiva das mais interessantes para o estreito campo de trabalho de atores, diretores, produtores e até autores. Algo que merece de todos o melhor dos incentivos.
 
Eu sou é homem
 
Um dos personagens principais de “A Bonequinha da Mamãe”, Zulmira, a mãe da heroína do casal romântico, foi interpretado por Nilton Bicudo – isso mesmo, um homem. Se o Paulo Gustavo (“Minha mãe é uma peça”) pode...

Na história, Zulmira se suicida do topo de um hospital e essa cena foi feita com cuidado redobrado pela produção, afinal, o prédio em questão fica na beira da Marginal Pinheiros, em São Paulo, e os carros começaram a parar, acreditando que a cena de mentira fosse de verdade. Um pandemônio. E pra explicar que não?
 
Isso não existe


 
Novela é novela, mas convenhamos... A Domingas, personagem da Maeve Jinkings em “A Regra do Jogo”, é uma mulher que não existe nos dias atuais. Felizmente.

Ficar naquela de apanhar do marido e aceitar tudo o que ele faz está anos distante da realidade.
 
Nada contra
 
Aliás, convém por aí se destacar os trabalhos dos atores, tanto a Maeve como o Oswaldo Mil, ambos apresentando excelentes desempenhos, mas nada a ver com a novela.

Por maior que fosse o envolvimento dos dois, aquilo tudo é muito surreal.
 
“CQC” em foco
 
Neste sábado, 28, Raul Gil volta com a nova temporada do quadro “Elas Querem Saber”, no seu programa do SBT, tendo Marcelo Tas como convidado.

Falou de tudo e não fugiu a nenhuma das perguntas feitas por Sheila Mello, Ciça Camargo, Antônia Fontenelle e Thammy Miranda, inclusive sobre a sua substituição por Dan Stulbach no comando do “CQC”. O
Professor Tibúrcio, o início de carreira e internet também entraram na conversa.
 
O que é a vida
 
O Corinthians se sagrou legítimo campeão brasileiro e foram muitas as comemorações, desde o último domingo, depois de receber a taça. Sobrou em campo e festa é o que não faltou.

Curioso é que na maioria delas foi verificada a alegre presença de Beetto Saad, promotor e apresentador de TV, que até então se anunciava um grande são-paulino. Virou?
 
Canal direto

 
Alexandre Frota, como todo mundo sabe, sempre teve uma linha direta com Silvio Santos. E isto desde os tempos da “Casa dos Artistas”. Um canal que até outros diretores do SBT, alguns dos mais medalhados, nunca tiveram.

Nesta semana, só por um acaso, o Frota postou no seu twitter: “Ano que vem assumo a direção artística de alguns programas do SBT, e só tenho que agradecer a vocês...". Agora só checando com o homem. Quem vai?
 
Faz de novo


 
“Liberdade, Liberdade”, escrita por Márcia Prates e próxima das 23h na Globo, vive um drama nos seus bastidores. O roteiro não atendeu as exigências da Teledramaturgia e foi necessária uma reforma quase completa, entre outras providências.  

Felizmente os problemas foram detectados no devido tempo e os profissionais envolvidos já estão procurando contorná-los. O objetivo, agora, é evitar que os trabalhos de pré-produção sejam comprometidos.     
 
Bom se mexer
 

Enquanto a Casablanca ainda vai colocando os pés no RecNov, da Record, no Rio, alguns dos que estavam lá foram cuidar da vida em outro lugar.

Um desses casos é o do editor João Marins, moço talentoso, que acaba de acertar seu ingresso na Globo para trabalhar na novela “Velho Chico”.
 
SBT está dentro
 

O SBT confirma presença na transmissão do carnaval de Salvador em 2016.

E não será nada diferente em relação aos anos anteriores, inclusive o seu ponto de transmissão.
 
Equipe escalada


 
Aliás, dando provas que os seus trabalhos, naquilo que diz respeito ao carnaval, estão bem acelerados, já estão definidos os nomes dos que farão esta transmissão: Ticiana Villas Boas, Helen Ganzarolli, Celso Portioli e Léo Sampaio.

E ainda serão feitos vetês preparatórios, com Juliana Oliveira, Léo Lins e Murilo Couto, pessoal do Danilo Gentili. Mas sem ele.
 
De novo
 

 
Bate – Rebate
 

•       Tudo caminha para um novo final feliz, mas ainda não há um contrato assinado para a realização do “CQC” e “A Liga”, no ano que vem, na Band...
•       ... Há a expectativa que isto ocorra até meados da próxima semana.
•       O anúncio de que o programa do Fábio Porchat, tipo talk show, será produzido fora, sob os cuidados da Eyeworks, fez surgir um falatório...
•       ... Simples especulações sobre a possibilidade de alguma outra emissora entrar no circuito...
•       ... Nada a ver. O acerto com a Record, nesta altura, já pode ser considerado irreversível ou algo próximo de zero...
•       ... Que só não é zero porque ainda falta ser assinado o contrato.
•       Emissoras importantes, como SBT e Band, por exemplo, já jogaram a toalha em relação a este ano...
•       ... Os responsáveis pelas duas entendem que não há nada mais a ser feito...
•       Toda a torcida deles agora é torcer por um 2016 muito melhor, embora tudo indique que o primeiro trimestre, pelo menos, será muito pior.
•       Tem um bastidor bem estranho e desconfortável nos interiores do “Hoje em Dia” da Record...
•       ... Desde a entrada do Ronaldo Esper no programa, a Ana Hickmann nunca se dirigiu a ele, ao contrário da Ticiane Pinheiro, César Filho e Renata Alves, os dois nunca se cumprimentaram...
•       ... Isso chama ainda mais atenção porque, no passado, a Ana trabalhou como manequim dele. Será que é bronca de arquivo?


 
C´est fini
 
Marcelo Rezende continua na dele, apenas acompanhando o noticiário e tomando conhecimento dos fatos.

Já saiu muita coisa sobre um segundo horário de novelas na Record, 7 e meia da noite, horário que o seu “Cidade Alerta” ainda está no ar. O Marcelo não sabe de nada disso. Até agora, pelo menos, não recebeu nenhuma comunicação oficial.
 
Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

* Colaboração de José Carlos Nery