Topo

Coluna

Flávio Ricco

Bandeirantes faz operação financeira de R$ 250 milhões

Reprodução
Bandeirantes faz operação financeira de R$ 250 milhões Imagem: Reprodução
Flávio Ricco Flávio Ricco*

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Flávio Ricco*

29/12/2015 07h00

O Grupo Bandeirantes acaba de efetivar uma operação de debêntures, pelo prazo de sete anos, no valor de R$ 250 milhões.

O Deutsche Bank é o Coordenador Líder, a Caixa Econômica Federal a Controladora e com os suportes da Souza Cescon Advogados, KLA – Kouri Lopes Advogados e Pentágono Agente Fiduciário.

No Brasil, as debêntures se constituem em uma das formas mais antigas de captação de recursos por meio de títulos. Um mecanismo utilizado pelas empresas para financiar projetos ou melhor gerenciar as suas dívidas. Agora é necessário a Band vender esses títulos.

A Bandeirantes, desde a realização de uma auditoria malsucedida em 2013, passou por um processo de enxugamento e acabou reduzindo drasticamente o seu processo de produção. Ainda no decorrer do ano que se encerra, foi levantada também a possibilidade de alguma negociação com grupos de fora, algo que, pelo menos até aqui, não apresentou nenhuma novidade.

* Colaborou José Carlos Nery

Leia a coluna na íntegra.