Coluna

Flávio Ricco

Globo sinaliza novelas mais curtas para Gilberto Braga e Manoel Carlos

João Miguel Jr/TV Globo
Gilberto Braga é autor de "Babilônia" Imagem: João Miguel Jr/TV Globo
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

25/01/2016 07h01

A teledramaturgia da Globo deu uma reviravolta no caso e encontrou uma saída honrosa para não levar Gilberto Braga (70) e Manoel Carlos (82) pendurarem definitivamente as "chuteiras" das novelas, mesmo sabendo das dificuldades dos dois em conduzir trabalhos mais longos.

Diante disso, avalia-se agora a possibilidade de se aproveitar tanto o Gilberto como o Maneco no horário das 23 horas, destinado a produções mais curtas, a partir de 2017. Existe a chance de um deles escrever a substituta de "Liberdade, Liberdade".

Conceder aos autores esta possibilidade e trabalhar com textos de curta duração, semelhantes ao formato de minisséries, foi a maneira encontrada para poupá-los da absurda cobrança que rege a faixa das nove, por exemplo.

A ideia é essa, mas tudo ainda dependerá de futuras avaliações e de um necessário "ok" às sinopses apresentadas. Não chega a ser surpresa para ninguém que as últimas novelas de Manoel Carlos e Gilberto Braga não foram de encher os olhos.

Autores respeitados e com diversos sucessos no currículo, os dois, no entanto, tropeçaram com  "Em Família" e "Babilônia", respectivamente. Ambas não corresponderam à expectativa e audiência seguiu o mesmo caminho.

Daí o entendimento de continuar contando com o talento dos dois, em condições que mais se ajustem às suas atuais possibilidades.  

Concorrência saudável 
Outros autores da Globo também estão desenvolvendo trabalhos para o horário das 23h.

É uma faixa que permite avançar na abordagem de diversos temas, sem tantos entraves e transtornos com a "classificação indicativa".

Rindo de si mesma - 1
Sandy gravou uma participação no "Tá no Ar" do próximo dia 2.

No esquete, sempre com pegada de humor, ela fala sobre o carinho dos fãs e de como consegue guardar tudo que recebe do público, desde cartas até bichinhos de pelúcias.

Rindo de si mesma - 2
"O Marcius (Melhem) foi assistir à gravação do meu DVD, no final do ano passado, e lá nos bastidores me fez este convite divertido! Logo que vi a cena, me deu vontade de participar. Adoro ter essa leveza de rir de mim mesma, como a cena propõe, ainda mais dentro de um programa tão bacana de humor. Topei na hora e me diverti muito no dia da gravação", conta Sandy, que também é jurada do "Superstar".

É isso
Na Record, há quem entenda que é uma grande bobagem a Xuxa ficar brigando pelo "ao vivo" nesta altura dos acontecimentos.

Segundo uma ala da emissora, o mais sensato, seria concentrar todos os esforços no conteúdo do programa, algo que faria a apresentadora mudar de patamar e fechar a boca dos críticos. Ou pelo menos mudar o discurso.

Cadê?
Durante as temporadas do "Ídolos" na Record, reclamava-se que os seus vencedores não tocavam nas principais emissoras de rádio - e até em razão disso "desapareciam" com facilidade do mapa.

Com o "The Voice" a situação não é muito diferente. Além do Sam Alves, não se ouve mais ninguém.

Devagar
Mais um sinal de que a segunda parte de "Os Dez Mandamentos" ainda anda a passos lentos na Record.

O diretor Alexandre Avancini vai passar o Carnaval nos Estados Unidos.

Desligado
Marcelinho Carioca não renovou contrato com a rádio Transamérica.

O ex-jogador, aliás, ainda alimenta o sonho de comandar um programa esportivo na TV.

Férias
O locutor Carlos Roberto, mais conhecido como Bem-te-vi, voz oficial de todos os programas da casa, entrou em férias no SBT.

Durante sua ausência, César Rosa, da Jovem Pan, passará a se encarregar deste trabalho. 

Ausências
Gugu e Xuxa, por causa das gravações de seus programas, não irão à pré-estreia  de"Os Dez Mandamentos", amanhã, no shopping JK Iguatemi, em São Paulo.

Porém, o elenco da novela e os demais apresentadores da Record confirmaram presenças.

Vai de quê?
A TV Assembleia de São Paulo vai transmitir os desfiles do grupo de acesso das escolas de samba. O problema, no entanto, é como isso será feito se ela só tem 6 câmeras, 4 equipes e... nenhuma viatura. Jogar nas mãos de Deus não dá.

Aliás, fica complicado saber como será o deslocamento desse pessoal até o sambódromo! Talvez de metrô.

Mas, só entre nós, transmitir carnaval não tem muito a ver com televisão de assembleia legislativa.

As suas responsabilidades devem ser outras.

Bate - Rebate

• Esfriou aquele assunto sobre a possibilidade de Fernanda Lima ter um programa nas tardes da Globo...
• ... E esfriou porque o "Amor & Sexo" não acaba, apesar das ameaças, e o “Superstar” permanece na grade.
• Camila Queiroz não é protagonista em "Eta Mundo Bom!", mas trabalha como se fosse...
• ... É uma das mais exigidas nas gravações de todos os dias.
• Band ainda não tem ninguém para comentar o basquete na Olimpíada...
• ... E o mesmo acontece também para o atletismo, natação e ginástica...
• ... No vôlei, já estão acertados os aproveitamentos de Virna e Marcelo Negrão. E do Flávio Saretta no tênis.
• Aguinaldo Silva não para. O autor, agora, também se prepara para revelar atores...
• ... Mas o que continua causando muito barulho no mercado é o seu projeto "Fábrica de Seriados".
• Impressiona como Ticiana Villas Boas se adaptou rapidamente ao SBT. Vestiu a camisa e joga junto o tempo todo.

C’est fini
O diretor Marcelo Silva é o principal defensor da exibição de uma série sobre a banda Mamonas Assassinas na Record. Ele inclusive pediu um roteiro ao autor Carlos Lombardi, que já trabalha no projeto há algumas semanas.

Só que antes de tudo, como manda o "figurino" de agora, haverá a necessidade de se ajustar um orçamento. Buscar valores dentro de uma nova realidade que convençam o CEO, Marcus Vinicius Vieira - mesmo com parcerias.

Aliás, na Record de hoje, tem uma frase muito em evidência: "O Céu não é mais o limite".

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

*Colaborou José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo