Topo

Coluna

Flávio Ricco

Terrorismo internacional vai ditar a nova edição da série "Plano Alto"

Michel Angelo/TV Record
Milhem Cortaz, o protagonista de "Plano Alto" Imagem: Michel Angelo/TV Record
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

15/02/2016 07h00

A segunda temporada de "Plano Alto", série do Marcílio Moraes, já está inteiramente escrita e aguarda apenas um posicionamento da Record para dar o start em seus trabalhos.

Por posicionamento, a busca de uma produtora capaz de se responsabilizar pela sua realização porque quase tudo por lá passou a ser terceirizado.

Prevista para 12 episódios,  desta vez "Plano Alto" vai abordar o terrorismo internacional, tema da maior atualidade, e Milhem Cortaz fará o protagonista. A grande questão é encontrar uma parceira disposta a viabilizar o seu orçamento, algo muito próximo de R$ 21 milhões.

A primeira temporada da série foi exibida entre 30 de setembro a 17 de outubro e caiu nas graças da crítica.

*Colaborou José Carlos Nery

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!