PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

Band não está à venda. Nem ela, nem parte dela

Diego Guebel, diretor da Band - Fernando Donasci/UOL
Diego Guebel, diretor da Band Imagem: Fernando Donasci/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

06/05/2016 07h00

De uns tempos para cá, como novidade, a Fox também começou a figurar como interessada em fazer qualquer tipo de negócio com a Band.

Nada disso, segundo a direção da empresa americana, tem alguma procedência. Nunca houve qualquer negociação ou consulta.

E deve ficar bem claro a todos que a Bandeirantes não está à venda. Nem ela, nem mesmo parte dela, segundo a sua Comunicação. O namoro com a Turner, no ano passado e aqui divulgado, não foi em frente. Não deu casamento. Acontece...

O que há, de fato, são negociações para cessão de conteúdo. Isto é o que, nas últimas horas, tem provocado todo esse entra e sai nas salas dos diversos diretores da emissora e dado margem às mais diferentes especulações.

Diego Guebel, também como consequência do momento difícil que a Band atravessa, foi levado a mudar alguns dos seus hábitos.

As viagens da Argentina para o Brasil e no sentido contrário, feitas normalmente entre as terças e quintas feiras, agora são feitas em voos normais. Não mais de jatinhos.

*Colaborou José Carlos Nery

Leia a coluna na íntegra.

 

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco