Coluna

Flávio Ricco

Record envia equipe à África para gravar nova novela bíblica

Munir Chatack/TV Record
Ator Sidney Sampaio é Josué na bíblica "A Terra Prometida" Imagem: Munir Chatack/TV Record
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

05/06/2016 07h00

A equipe de “A Terra Prometida” viaja neste domingo (5) à África, mas desfalcada de seu principal diretor, Alexandre Avancini. Desde o início ele estava cotado para comandar os trabalhos desta próxima produção bíblica naquele continente, mas acabou ficando de fora, porque terá que priorizar a reta final de “Os Dez Mandamentos”.

As gravações de “A Terra Prometida” na África, com início terça-feira, vão movimentar mais de 60 profissionais, entre atores, produtores e técnicos. Do seu elenco, Sidney Sampaio, Thais Melchior, Gabriel Gracindo, Rafael Sardão, Kadu Moliterno, Marcos Reis, Leonardo Franco, Daniel Villas e Felipe Cunha.

Além do trabalho com atores para os primeiros capítulos, serão feitos diversos registros de stock-shots, a fim de evitar outras viagens às regiões escolhidas. “A Terra Prometida” estreia dia 27.

*Colaborou José Carlos Nery

Leia a coluna na íntegra

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo