PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

Futuro de novelas religiosas preocupa direção da Record

Cena de Petrônio Gontijo em "Os Dez Mandamentos" - Divulgação/TV Record
Cena de Petrônio Gontijo em "Os Dez Mandamentos" Imagem: Divulgação/TV Record
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

06/07/2016 07h00

Ainda não é um assunto colocado publicamente, mas dentro da Record, entre algumas das suas figuras mais proeminentes, já existe certa preocupação quanto ao futuro das novelas religiosas. Há o temor que a exibição de uma atrás da outra leve ao desgaste, que possa cansar o telespectador.

Respeitadas todas as diferenças entre uma e outra, há a temeridade que as produções religiosas, com o correr do tempo, apresentem os mesmos problemas que a sequência de “Os Mutantes” na década passada.

Depois de “A Terra Prometida”, estreia de ontem, já existem duas outras na mesma linha planejadas para o futuro. São elas "O Rico e Lázaro", título provisório, escrita por Paula Richard, e "Apocalipse", com adaptação de Vivian de Oliveira.

*Colaborou José Carlos Nery

Leia a coluna na íntegra

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco