PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

SBT tem melhores chances de crescimento com a Olimpíada

SBT não mexe na grade durante Olimpíadas - Lourival Ribeiro/SBT
SBT não mexe na grade durante Olimpíadas Imagem: Lourival Ribeiro/SBT
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

27/07/2016 07h01

Na quarta-feira que vem, portanto dois dias antes da abertura oficial, terão início as transmissões dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Só aqui no Brasil, três grandes redes abertas – Globo, Record e Bandeirantes, além da Record News, junto com as fechadas BandSports, Fox Sports e ESPN, e os 16 canais do SporTV estarão diretamente envolvidas com a competição. Somando, 23 no total. Pagaram caro por isso, se viram forçadas a investir violentamente em sua operação e durante duas semanas praticamente não farão outra coisa. A pergunta que se faz é: será que vai ter telespectador para todas elas? Evidentemente que não.

No contraponto à maioria dessas TVs ou usando a contra grade a seu favor, as que simplesmente não arredaram o pé da sua zona de conforto que têm as melhores chances de se sair melhor, entre essas ou como principal exemplo, o SBT. 

Servindo como opção, é aquela que reúne as melhores chances de ter os seus índices aumentados. É justo isso? É claro que não. Mas fazer o quê? A vida tem dessas coisas.

Substituto

Após Mamma Bruschetta rescindir com a TV Gazeta para integrar o novo vespertino no SBT, Guilherme Uzeda, a Tia, passou a ocupar o seu lugar no “Mulheres”, agora de forma definitiva.

É o mais novo participante fixo do programa.

Fora daqui

Todos esses acontecimentos, saída da Mamma e entrada da Tia estão acontecendo durante o afastamento da titular do “Mulheres”.

Cátia Fonseca ainda está em período de férias, com o marido Rodrigo Riccó, em Portugal.

Programa de fofoca

O plano de Silvio Santos é estrear imediatamente um programa de fofocas na hora do almoço, para bater de frente com o “Balanço Geral” da Record.

Além da Mamma, Leão Lobo também foi acertado, mas existe ainda a busca de um terceiro nome.

Homens trabalhando

O Estúdio K, da Record, na Barra Funda, foi reservado para o novo programa do Fábio Porchat, que já tem seus cenários em fase de montagem.

Diego Pignataro, argentino, que tem o “Agora é Tarde” e “Mulheres Ricas” no currículo, entre outros trabalhos, vai fazer a direção.

Convite feito e aceito

Em data ainda a ser combinada, Fausto Silva será um dos entrevistados do “Programa do Jô”, em seu último ano de exibição. Será a primeira entrevista na Globo.

A anterior aconteceu quando o Jô ainda estava no SBT.

Super Larissa...

Michael Ukstin é quem está cuidando de todos os detalhes do show com o elenco de “Cúmplices de Um Resgate”, dias 27 e 28 de agosto, no Ibirapuera.

Como principal atração, já está armado um voo de Larissa Manoela, protagonista da novela, sobre o público, a 3 metros de altura.

... E Super Cabrini

Por sua vez, Roberto Cabrini continua voando em audiência. O “Conexão Repórter” do último domingo, “Vida e Morte no Concreto de Gelo”, chegou à liderança no Rio, como 9,4 pontos e 8 redondos em São Paulo.

A matéria mostrou como o frio afeta diferentes moradores de rua.

Oficial

A mesma dupla responsável por “Escrava Mãe”, Gustavo Reiz e Ivan Zettel, um escrevendo e o outro dirigindo, foi designada para tocar os trabalhos de “Belaventura”.

É a próxima novela da Record na faixa das 19h30. Produção da Casablanca.

TV fechada

Mario Frias entrevista o nadador Clodoaldo para o "Hiperatletas", da Discovey - Divulgação - Divulgação
Mario Frias entrevista o nadador Clodoaldo para o "Hiperatletas", da Discovey
Imagem: Divulgação

A partir do dia 10, às 23h10, no Discovery, Mario Frias vai apresentar a série “Hiperatletas”, que acompanha a rotina de treinos e histórias de superação de atletas que representarão o Brasil na Paralimpíada do Rio de Janeiro.

É uma coprodução em seis episódios, com a Prosperidade Filmes e Floresta Filmes.

Sobrou uma

Valentina Menezes, chefe de redação da Record-Rio, foi demitida ontem.

As suas brigas com Luciana Barcellos, diretora de jornalismo local, se tornaram muito frequentes nos últimos tempos.

Exposição dobrada 

O fato de Mariana Ximenes e Cléo Pires estarem no ar em “Haja Coração” e brevemente, também, em “SuperMax” levantou uma discussão na Globo.
Internamente, alguns executivos avaliaram que o ideal seria lançar a série após o encerramento da novela, em novembro, ou até mesmo deixar para 2017.

Bate – Rebate

• Avançam bem as negociações da Turner para a compra da Telefe argentina...
• ... É um outro passo dos mais importantes para fixação do grupo Time Warner em países da América do Sul...
• ... Já está no Chile, pela Chilevision, e aqui no Brasil, com o Esporte Interativo...
• ... Lembrando que já houve uma tentativa em implantar uma CNN em português no sistema aberto, o que por lei acabou não sendo possível...
• ... Nada impede, no entanto, que no futuro isso venha acontecer, via TV fechada.
• Denis Salles, atualmente no “Tá sabendo?”, da Rede TV!, foi sondado pelo SBT para dirigir o novo programa da tarde...
• ... Programa da tarde que Silvio Santos, pessoalmente, está cuidando de tudo.
• A elogiada vinheta do jornalismo da Record no Rio foi inteiramente realizada pela sua equipe de Benfica...
• ... Formada pelo coordenador Marcelo Pessanha, a produtora Talita Reis e a supervisora Patrícia Machado.
• Eduardo Sterblitch visitou a Globo, conversou por lá, mas, a princípio, ainda não fechou nada...
• ... Existiu a possibilidade de ele participar da série “Vade Retro”, só que, oficialmente, a sua escalação não foi confirmada...
• ...  “Vade Retro” já está sendo gravada em São Paulo...
• ... À coluna, a Globo diz que “ainda estamos conversando com ele [Edu] sim”.
• O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, é o convidado do “Cartão Verde” da TV Cultura, nesta quinta-feira. Em pauta, a Olimpíada.
  

C'est fini

O “Esporte Espetacular”, domingo, em trabalho do repórter Kiko Menezes, entrevista a suíça Gabriele Andersen.

Ela é protagonista de uma das imagens mais famosas da história dos Jogos Olímpicos. Em Los Angeles/1984, Andersen participou da primeira maratona feminina da história olímpica. Ficou famosa ao percorrer os últimos metros em completa exaustão. Cruzou a linha de chegada torta, exausta, mas completou a prova.

O programa faz um acompanhamento da ex-atleta que hoje tem 71 anos e vive em Sun Valley, nos Estados Unidos.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

*Colaboração de José Carlos Nery

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco