Coluna

Flávio Ricco

Com vitória em ação contra o SBT, Benedito Ruy Barbosa pede R$ 100 milhões

Marcos Ribas/Brazil News
Benedito poderá receber valor milionário em ação contra o SBT Imagem: Marcos Ribas/Brazil News
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

09/08/2016 17h34

O SBT de Silvio Santos sofreu na tarde desta terça-feira (9) uma dura derrota na justiça para Benedito Ruy Barbosa por causa da exibição da novela “Pantanal”, em 2008. "Se fez justiça", declarou o autor à coluna.

O Superior Tribunal de Justiça julgou procedente a reclamação de Barbosa, que argumentou que vendeu os direitos da novela da extinta Manchete para a Globo.

A ação de Barbosa contra a rede do animador, julgada no STJ em Brasília, teve um novo passo hoje.

O processo vai entrar agora na discussão financeira, e segundo os advogados do novelista os valores poderão superar a casa de R$ 100 milhões.

Como é de conhecimento, o SBT decidiu reapresentar a novela "Pantanal" (1990), da extinta TV Manchete, após adquiri-la da produtora JPO, de José Paulo Vallone.
Desde então, Benedito trava na justiça uma luta contra a emissora pela exibição sem sua autorização.

Ainda sobre o caso, Barbosa declara que a decisão "me faz acreditar que no Brasil a justiça tarda mas não falha". "Considero uma vitória justa por tudo que fiz por 'Pantanal'. Trabalhei 14 horas por dia nessa novela, fora a pesquisa, e não seria justo alguém tirar proveito de graça". E conclui: "Se fez justiça, como reconhecimento de autor da obra. Aliás, é preciso respeitar o autor de qualquer obra, seja ela novela, um livro, música. Sou muito grato pela decisão que tomaram".   

Procurado pela coluna, o SBT informa que vai recorrer da decisão.  

 

*Colaboração de José Carlos Nery

Leia a coluna na íntegra

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo