Coluna

Flávio Ricco

Na TV também, aonde uma vai as outras vão atrás

Montagem
Adnet, Porchat e Gentili com programas parecidos no "prime-time" Imagem: Montagem
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

03/09/2016 07h01

As três principais emissoras, Globo, SBT e Record, com produtos similares, passaram a brigar muito forte na faixa da meia-noite, começo da madrugada, horário que só mais recentemente passou a merecer melhor atenção.

Processo semelhante aconteceu com as manhãs. Antes destinadas exclusivamente às programações infantis, foram necessários muitos anos para que maiores investimentos pudessem ser destinados a outros produtos em condições de oferecer melhor retorno comercial.

No caso das mesmas emissoras, apenas uma delas, o SBT, ainda resiste em apresentar desenhos animados, mesmo sob forte concorrência dos canais pagos.

Hoje, o período da tarde ainda é o único em estado de exceção ou aquele que continua como “ponto x”, apenas para reprises ou exibições de antigas novelas, mas nada que possa servir de maior atrativo para o público telespectador.

Isto só irá ocorrer, como aconteceu nas outras, quando uma delas for atrevida o suficiente para dar o primeiro passo e se dar bem com ele. Só aí as outras virão atrás.

Programa do Raul

Neste sábado, a partir das 14h15, o SBT apresenta mais uma edição do "Programa Raul Gil”.

Em segundo lugar há mais de seis meses, o Raul também foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter com os quadros “Quem Sabe Dança”, “Kpop”, atração baseada no K-pop, dança típica da Coreia do Sul, e o “100% Justin Bieber”.

Porém, a atração de maior sucesso ainda é o “Eu e as Crianças”, com mais de 40 anos no ar.

Números mostram -1

Os levantamentos de audiência revelam certa incoerência das emissoras em dirigir seus investimentos para determinadas faixas em detrimento de outras.

Normalmente, a faixa de ligados na manhã, 6h às 12 horas, gira em torno de 26 pontos, contra 51 do período da tarde, 12h às 18h. Quase o dobro.

Números mostram – 2

Se existe, como se demonstra, mais gente assistindo televisão à tarde, o que explica esse maior direcionamento de investimentos para a faixa da manhã?

Como se vê, essa é mais uma conta que não fecha.

Por outra...

Apenas para não deixar pela metade, o considerado prime-time, aquele que vai dar das 18h às 24 horas, tem cerca de 70% de aparelhos ligados em média.

Um número dos mais respeitados. A TV aberta, incontestavelmente, é e continua sendo muito forte.

Merchan

A Record pretende usar convenientemente a força comercial do Fábio Porchat

Isto, na prática, já vem acontecendo. Nos últimos dias, ele já dividiu um merchandising do suco Tang com Ana Hickmann. Mas se deseja muito mais.

Efeito contrário

Na escalação de “Sol Nascente”, um dos assuntos mais discutidos foi o fato da Giovanna Antonelli ser alguns anos mais velha que o Bruno Gagliasso, casal principal da novela.

Na prática, no entanto, os capítulos exibidos até aqui têm revelado quanto essa preocupação foi desnecessária.

Elogio interno

Dentro da Globo, a abertura de “Sol Nascente”, com suas imagens de diferentes pontos se intercalando o tempo todo, é considerada uma das mais bonitas dos últimos tempos.

Paisagens paradisíacas são cobertas pela música “Minha Felicidade”, cantada por Roberta Campos.

Quem parte, reparte

As produções da Rede TV!, o seu jornalismo inclusive, têm reclamado demais da falta de equipamentos, que às vezes faltam nas gravações e no ao vivo de muitos programas.

Dizem que duas câmeras, das mais modernas, só são liberadas pelo seu departamento técnico para o “Mega Senha”, do dono Marcelo de Carvalho. Provavelmente, nem ele sabe disso.

Ramon Vasconcelos/TV Globo
Alice Braga, Dinho Ouro Preto e Mariana Ximenes participam do "Altas Horas" Imagem: Ramon Vasconcelos/TV Globo
Altas Horas

Serginho Groisman terá neste sábado no seu “Altas Horas” as presenças de Alice Braga, Camila Queiroz e Mariana Ximenes.

Na parte musical, o Capital Inicial.

Uma...

Nos últimos dias, voltou a circular a velha ladainha de venda da Rede 21, do Grupo Bandeirantes. Desta vez, ao contrário das anteriores, um papo acrescido de valores e que o preço para a interessada Igreja Universal foi fixado em R$ 1 bi.

Consultado, Marcelo Meira, vice da Band, informou que desconhece totalmente o assunto.

... E outra

Também nesta última semana, setores do mercado comentaram a possibilidade da Band estar negociando o canal Terra Viva.

A resposta do vice da Band foi a mesma. Nada a ver. Aliás, vale acrescentar que este canal sempre foi a menina dos olhos do dono Johnny Saad.

Dá dó

Em cartaz, no rádio e televisão, a propaganda para candidatos a prefeito e vereadores em todo Brasil.

Chama a atenção a falta de qualidade da maioria. Erram na forma, com grosserias na captação e finalização, e conteúdo sempre abaixo da crítica. Dá pena ver o mau uso de um espaço caro e cedido de graça.

Pedro Curi/TV Globo
Otaviano Costa canta Pavarotti em gravação da nova "Escolinha do Professor Raimundo" Imagem: Pedro Curi/TV Globo

Gogó

Ptolomeu (Otaviano Costa) solta a voz com um clássico de Luciano Pavarotti, nas gravações da nova temporada da “Escolinha”.

O programa volta dia 12 no Viva, de segunda a sexta, às 20h30, e em outubro, aos domingos, na Globo.

Bate – Rebate

• Alguém explica? Nos intervalos dos desenhos da Peppa, no Discovery Kids, entram comerciais de produtos de celulite e estrias...
• ... Uma mensagem que a criançada, com toda certeza, deve ver e nem imaginar do que se trata...
• ... Jogar dinheiro fora mais do que isso não existe...
• ... O problema da maioria dos canais pagos é a falta de um trabalho de programação mais decente...
• ... Hoje, o que se observa, é que existem intervalos que chegam a cinco minutos de duração...
• ... Fora os banners que a todo instante são inseridos em meio aos filmes ou programas em exibição. Vamos combinar que a esculhambação tomou conta...
• ... A impressão que passa é que funciona tudo de qualquer jeito. Vai que vai.
• A TV Diário, de Fortaleza, está vivendo na base do tiroteio...
• ... Tem programa policial de manhã, de tarde e à noite. Se bobear, ainda lançam outro de madrugada. Uma lástima.
• O evento Festeja Niterói é o destaque de sábado, a partir das 17h30, no Multishow...
• ... Considerado o maior festival itinerante do país, terá as participações de João Gabriel, Wesley Safadão, da dupla Thaeme e Thiago, e Luan Santana.

C´est fini

Num novo acerto com o criador da série, Rinaldi Faria, o SBT volta a apresentar neste sábado o “Parque Patati Patatá”, a partir das 10 da manhã.

São 26 episódios, reunindo crianças e bonecos em aventuras, que têm como palco um parque colorido, arborizado e visitado por diferentes personagens.

Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

*Colaborou José Carlos Nery
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo