Coluna

Flávio Ricco

Série B pode ficar sem televisão aberta no ano que vem

site oficial do Atlético-PR
Jogos do campeonato da Série B têm transmissão incerta na TV aberta Imagem: site oficial do Atlético-PR
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

19/09/2016 07h01

Ainda não é possível cravar qual será o destino do campeonato brasileiro, Série B, no ano que vem, naquilo que diz respeito a televisão aberta.

A Rede TV!, desde a desistência da Bandeirantes, se acertou com a Globo e a Sport Promotion para fazer um jogo da tarde de sábado.
Isto vem acontecendo normalmente, inclusive contando com o trabalho de três grandes expressões do jornalismo esportivo, Silvio Luiz, Juarez Soares e Luiz Ceará.

Mas, se de um lado, os registros de audiência são considerados muito bons para os padrões atuais da emissora, o seu resultado comercial tem deixado a desejar e muitas vezes chega a interferir de forma direta na própria qualidade ou falta dela em várias transmissões.

A Série B, independentemente de quais clubes venham a disputá-la na próxima temporada, data hoje, tem fortes possibilidades de ficar de fora da televisão aberta em 2017. O panorama, no todo, é dos mais sombrios.

Coloca no papel

É de chamar atenção a quantidade de apresentadores, hoje na Globo, que saiu da Bandeirantes.
William Bonner, Chico Pinheiro, Carla Vilhena, Mariana Ferrão, boa parte dos CQCs e agora, mais recentemente, Aline Midlej são só alguns.

Celeiro

Se perguntar a qualquer um deles, que deixaram a Bandeirantes em diferentes períodos, todos têm o maior carinho e guardam as melhores recordações da casa.
Chama o fato da Band, em qualquer aceno da concorrência, não conseguir segurar ninguém.

Você sabia?

Antes de contratar Danielle Dahoui para apresentar o “Hell's Kitchen - Cozinha sob Pressão”, o SBT chegou a procurar e conversar com Paola Carosella, jurada do “MasterChef”.
Alegando compromisso com a Band, ela não aceitou.

Divulgação/Globo
Taís Araújo, Leandra Leal e Isabelle Drumond em "Cheias de Charme" Imagem: Divulgação/Globo
Continua de pé

O projeto de filme com as protagonistas de “Cheias de Charme” continua de pé na Globo.
Falta, porém, organizar uma agenda que permita a participação de Taís Araújo, Leandra Leal e Isabelle Drummond, além de outros nomes que integraram o elenco.   

Trabalho não falta

Não são poucos os projetos endereçados a Marcelo Serrado na Globo. Depois de “Velho Chico” ele fará “Pega Ladrão”, na fila das 19h, substituta de “Rock Story”.
Além disso, está em desenvolvimento, sob encomenda para o ator, uma série de comédia, escrita por Cláudia Tajes, que trabalhou com Serrado em “A mulher da sua vida”, exibida no “Fantástico”.

Ramon Vasconcelos/Rede Globo
Simone e Simaria no "Programa do Jô" Imagem: Ramon Vasconcelos/Rede Globo
Programa diferente

No “Programa do Jô”, nesta segunda-feira, Juliana Paes e a dupla Simone e Simaria serão as convidadas.
Nunca, em toda a sua história na Globo, em vez de universitários, como normalmente acontece, a plateia foi ocupada pelo pessoal de um fã-clube.

Precisa avisar

Até prova em contrário, os donos da Rede TV! são Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho.
O “Rede TV News”, principal informativo da casa, está indo ao ar precariamente, porque o uso de câmeras foi limitado. Uma ordem que ninguém entende. Os principais inimigos de algumas emissoras estão dentro delas próprias. Jogam contra descaradamente.

Bate e volta

Buddy Valastro chega no dia 26 ao Brasil e faz, ao vivo, a final do “Batalha dos Cozinheiros” na Record, dia 27.
E volta imediatamente para os Estados Unidos.

Passo a passo

Número 1 da Teledramaturgia da Globo, Silvio de Abreu aprovou os seis primeiros capítulos de “O Homem Errado”, novela das 21h que estreia no segundo semestre de 2017.
As autoras Thelma Guedes e Duca Rachid aguardam agora resposta sobre o segundo bloco. Se nada mudar, Cauã Reymond viverá o protagonista. 

Festival do pi

A Record é outra, pelo menos no trato com o programa do Fábio Porchat. A produção trabalha com liberdade, porque não existem restrições quanto a presença de quem quer que seja.
A única vigilância ainda é em relação aos palavrões. Existe a ordem para o efeito sonoro do “PI” cobrir a todos, dos mais aos menos elevados.

Bate – Rebate

• Oliveira Andrade renovou contrato com a Bandeirantes.
• Brasília, em pouco tempo, terá edição local ampliada do “Cidade Alerta”.
• Record, tentando alavancar o “Programa do Porchat”, tem colocado chamadas entre “A Terra Prometida” e o “Jornal da Record”.
• “Duelo de Mães”, novo programa da Ticiana Villas Boas no SBT, já está em busca das mães de famosos que irão participar...
• ... A estreia está confirmada para 22 de outubro. A ideia é começar a gravar na última semana do mês.
• A Record vai completar 63 anos de história no próximo dia 27...
• ... Não há, até o momento, solenidades marcadas para a ocasião.
• O “Roda Viva”, com Mário Sérgio Cortela, anunciado para semana passada, mas que teve sua exibição cancelada por causa da greve na Cultura, irá ao ar na noite desta segunda.
• A produtora Floresta vai abrir negociações com o Multishow para viabilizar a segunda temporada de “Estranho Show de Renatinho”, programa da Tatá Werneck.
• Luís Roberto está assumindo a condição de titular nas transmissões da Fórmula 1 na Globo.

C´est fini

A Eyeworks recebeu sinal verde da Band para dar início a produção do “Kitchen Nightmares”, novo reality que tem a proposta de salvar restaurantes à beira de fechar as suas portas.
O trabalho será acelerado no decorrer das próximas semanas, mas a estreia está prevista para  janeiro.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

*Colaborou José Carlos Nery
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo