Coluna

Flávio Ricco

"A Voz do Brasil" joga contra a sobrevivência do rádio

Les Films d'Ici
Cena do filme "A Estação de Rádio" (2013) Imagem: Les Films d'Ici
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

03/10/2016 07h01

Desde muito tempo, com a mais justa das razões e o apoio de quase ninguém - CBN e Globo entre as poucas, a rádio Jovem Pan levantou a voz contra a obrigatoriedade de transmitir a “A Voz do Brasil” no horário das 7 da noite.

Uma imposição que vem desde setembro de 1935, quando um amigo de infância do então presidente Getúlio Vargas sugeriu a sua criação e ela acabou por se tornar um compromisso inquestionável na vida das emissoras. No começo era “Hora do Brasil” e, além do próprio rádio, só existiam alguns raros jornais e poucas revistas.

Entre efetivos, interinos, mais uma ditadura e outros que nem sei, 25 governos se passaram. Tivemos o nascimento da televisão, depois dela outros tantos meios de comunicação, e o homem até chegou na Lua, mas não houve quem desobrigasse o rádio de carregar esse fardo por mais de 81 anos até agora.

Sem entrar no mérito da utilidade de tal noticiário ou a que tipo de público consegue se dirigir, por que não limitar a sua transmissão aos próprios veículos do governo e deixar que o rádio comercial, como outro qualquer setor do mundo atual, possa seguir com sua programação normal, a tão necessária prestação de serviços e ampliar condições para resistir os rigores que atingem o cotidiano de todos?

O rádio tem, hoje, em “A Voz do Brasil”, um dos piores instrumentos contra a sua sobrevivência.

Então é assim

Foram realizados em São Paulo, semana passada, os primeiros grupos de discussão da novela “Sol Nascente”, da Globo, 18 horas.
Entre os dados positivos, a constatação que a história não encontrou rejeição nos grupos pesquisados.

Porém...

Em todo esse trabalho, realizado durante dois dias com cinco grupos de mulheres, ficou claro o desejo do público para que “Sol Nascente” se torne “mais folhetim” e abra mais espaço para o romance e ação.
Laura Cardoso, só pra variar, foi apontada como principal nome do seu elenco.

Duplo comando

A partir desta semana, Frederico Oliveira assume a direção- geral do “Mais Você”, na Globo, junto com Vivi De Marco.
Caberá a ele, daqui em diante, a responsabilidade de executar o programa, colocar no ar, gerenciar gravações e equipes, enquanto a Vivi ficará voltada exclusivamente para pautas e conteúdo.

Divulgação
Xuxa pode passar para o sábado na Record Imagem: Divulgação
Absoluta necessidade

Xuxa, nas tardes de sábado, é uma possibilidade que, além dela própria, passou a agradar a direção da Record.
No entanto, há o entendimento que só isso será insuficiente diante de outras duas necessidades mais importantes: mudar o programa e mudar a Xuxa.

Emparedado

Se Geraldo Luis já foi convencido a fazer programa diário e a troca de dia da Xuxa por todos é entendida como única solução possível, a grande questão passa a ser o Gugu.
Ninguém falou com ele até agora, se aceitará ou não voltar aos domingos e assumir o horário que hoje pertence ao “Domingo Show”. Algo que só será conversado a partir desta semana, com seu retorno dos Estados Unidos.

Momento diferente

Vale lembrar que o momento de vida de Gugu Liberato é completamente outro, bem diferente do passado, quando colocava o trabalho acima de tudo e de qualquer outra coisa.
De uns tempos para cá, ele passou a se dedicar muito mais a sua vida particular. A televisão, no que fez muito bem, deixou de encabeçar a sua lista de prioridades.

Elenco

Walcyr Carrasco, colocado no lugar de Thelma Guedes e Duca Rachid na fila de novelas das 21h da Globo, ainda irá ser reunir com o diretor Mauro Mendonça Filho para começar a definir seu elenco.
Flávia Alessandra, destaque de “Êta Mundo Bom!”, é um dos nomes prováveis, caso esteja disponível.

TV Globo
Cláudia Abreu fixa olhar em Reynaldo Gianecchini em "A Lei do Amor". Novela estreia nesta segunda-feira, em substituição a Velho Chico Imagem: TV Globo

Não é a primeira

“A Lei do Amor”, de acordo com Maria Adelaide Amaral, não é o seu trabalho de estreia na faixa das 21h, que antes era conhecida como “novela das oito”, como titular.
Ela conta que, em 1990, após o primeiro mês, passou a dividir “Meu Bem, Meu Mal” com Cassiano Gabus Mendes. Portanto, não era uma simples colaboradora.

Tem uma história

Em “Meu Bem, Meu Mal”, o Cassiano escrevia os capítulos das segundas, quartas e sextas, deixando terças, quintas e sábados para ela. 
“Pouca gente sabe disso”, conta Maria Adelaide. Aliás, uma correção para o Memória Globo.

Toque de reunir

Vinicius Coimbra, diretor de “Novo Mundo”, que está na fila das 18h, vai reunir todo o elenco, este mês, para apresentar o projeto e iniciar as etapas de preparação que se estenderão até dezembro.
Em janeiro, começam as gravações.

Vem aí

A Globo decidiu retomar o remake do programa “Você Decide” e, agora, parece que vai mesmo ganhar vida na emissora, depois de várias desistências.
O autor João Falcão recebeu a missão de cuidar dos textos e das novas histórias.
A ideia é colocar no ar já em 2017. Consequentemente, logo começarão as buscas por um nome de peso para sua apresentação.

Bate – Rebate

• Onde houver necessidade de segundo turno, o horário político deve voltar na quarta-feira...
• ... A Globo, inclusive, só distribuiu a sua programação até amanhã, terça...
• ... De qualquer maneira, mais uma vez o “Jornal Nacional” será usado para o arredondamento da grade.
• O estúdio da Casablanca, que sofreu um princípio de incêndio na semana passada, deverá ser liberado hoje para as gravações de “A Terra Prometida”...
• ... O incidente tem obrigado a cenografia a reparar em tempo recorde alguns dos estragos.
• Sexta-feira, quando foi ao ar o último capítulo, coincidiu com o término de contrato de vários atores de “Velho Chico”...
• ... Sabe-se, no entanto que a Globo tem intenção de renovar com vários deles...
• ... Por outro lado, as últimas cenas da novela valeram muitos elogios a Antônio Fagundes. Merecidos.
• O diretor José Luiz Villamarim está com uma equipe em São Paulo escolhendo locações para “Jogo da Memória”, da Lícia Manzo, próxima das 11 na Globo.

C´est fini

O especial “Tal pai, Tal filha”, com Leandro Hassum e Mel Maia, que depois vai virar série, será “fatiado” na Globo.
Paulo Cursino, autor do original, vai assinar o programa de fim de ano.
A série, em 2017, será tocada por Daniel Adjafre.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

*Colaborou José Carlos Nery
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo