Coluna

Flávio Ricco

Encontrar novo Didi será desafio para Globo em remake de "Os Trapalhões"

João Miguel Júnior/TV Globo
Personagem criado por Renato Aragão é desafio no remake de "Trapalhões" Imagem: João Miguel Júnior/TV Globo
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

16/10/2016 07h00

Na Globo, tem gente que acha muito difícil o humorista Rodrigo Sant’anna pegar o papel de Didi Mocó, no remake de “Os Trapalhões”, que estreia em 2017. Primeiro, porque muitos de seus diretores entendem que um ator cearense - um lançamento - deveria fazer o papel, e não um carioca, já bem conhecido do público.

Também joga contra a escalação de Sant’anna o fato de ele estar comprometido com o diretor Boninho para o novo “Sai de Baixo”, das noites de domingo, em fase de desenvolvimento.

De qualquer forma, seja lá quem for o escolhido, vai precisar refletir bem o espírito e a linguagem do personagem, criado por Renato Aragão, que também participará do programa, como tio do protagonista. Dedé Santana não está confirmado no elenco, mas a ideia é que também atue como tio, e não há informações concretas, ainda, sobre os intérpretes de Mussum e Zacarias.    

Internamente, a Globo observa toda essa situação como um grande desafio, mas já autorizou o início de trabalho. O próprio Aragão está cuidando dos primeiros roteiros.

*Colaboração de José Carlos Nery   

Leia a coluna na íntegra

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo