Coluna

Flávio Ricco

Puritanismo ou hipocrisia? O que aumentou na produção das novelas?

Divulgação/TV Globo
Cristiane Torloni e Nuno Leal Maia em "A Gata Comeu" Imagem: Divulgação/TV Globo
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL

05/11/2016 07h01

As reprises do Viva, entre outros afins, nos levam a fazer uma viagem das mais interessantes no tempo e no universo das novelas, muitas vezes nos obrigando a verificar que muito daquilo que era apresentado e dito lá atrás com toda naturalidade, hoje já não é mais visto ou repetido, por obediência às restrições que passaram a existir, por simples pudor ou classificações horárias.

Bom exemplo disso é “A Gata Comeu”. Produzida para exibição em 1985, na faixa das 6 da noite, da Globo, observa-se na sua reprise de agora que muito do que foi falado ou mostrado lá não seria permitido nos dias atuais. Onde já se viu deixar alguém como a Christiane Torloni, aparecer num minúsculo biquíni daquele jeito ou o Nuno Leal Maia como uma sunga tão reduzida?

Hoje, certamente, com o mundo de agora tomado por tão elevada reserva moral, seria uma novela classificada para as 22h e olhe lá.

Fica a dúvida: cresceu o puritanismo ou a hipocrisia?

Outra conversa
O crescimento do noticiário de celebridades ou programas dedicados ao mundo de famosos, aqui destacado, mereceu as mais diferentes considerações.

A resistência que ainda existe é uma coisa que chama atenção.

Outro mundo
O que se verifica, em muitas ocasiões, é a dificuldade de algumas pessoas em não aceitar o mundo que vivem. Ou o quanto gastam de tempo e saúde ao tentarem ser mais cultas ou superiores que as demais.

Ainda há quem se alardeie em afirmar que só assiste TV paga, tem Netflix, nunca ouviu falar em Chacrinha, não assiste Silvio Santos e não vê novela. Que dó que dá.

Edu Moraes/Divulgação/Rede Record
A repórter Catarina Hong Imagem: Edu Moraes/Divulgação/Rede Record
Série na Record
O “Jornal da Record” vai apresentar uma série de reportagens sobre o problema do analfabetismo no Brasil.

Os cinco episódios terão temas como “Sobrevivência”, “Enfrentamento”, “Canxigó”, “Talento” e “Analfabetismo Funcional” em um trabalho da repórter Catarina Hong. Estreia segunda.

Unidade móvel
A Record - Rio, na mudança das suas instalações de Benfica para Vargem Grande, vai deixar uma unidade móvel em algum ponto da zona norte, com capacidade de agilizar o trabalho do seu departamento de jornalismo.

Por causa da distância da nova sede, é uma providência que se faz necessária.

Confirmado
“MultiTom”, do Tom Cavalcante, produção da Formata, tem a sua estreia fixada para o dia 21 no Multishow.

São 20 episódios, com as suas gravações bem adiantadas, recebendo no decorrer deles vários convidados, como Gusttavo Lima, Chitãozinho e Xororó, Wanessa Camargo e muitos outros. A direção é de Caetano Caruso.

Cultura – 1
A TV Cultura não pode ficar nessa de continuar responsabilizando a crise pelos sérios problemas da sua área de produção. O jornalismo que lá é praticado, além de bons programas como “Metrópolis”, “Persona”, “Roda Viva” e outros tantos demonstram a qualidade do seu pessoal.

É preciso investir mais neles e entender que o vento que bate cá, também bate lá.

Cultura – 2
Todas as outras TVs, além de tantas zilhões de empresas em nosso país, passam por dificuldades e têm se desdobrado na busca de mecanismos para superar este momento.

Essa é a hora de ser o mais criativo possível, valorizar e estimular seu pessoal.

Estevam Avellar/Divulgação/TV Globo
Luis Melo é Tanaka em "Sol Nascente" Imagem: Estevam Avellar/Divulgação/TV Globo
Árvore genealógica
Quando “Sol Nascente” entrou em fase de escalação, houve um esforço muito grande para encontrar alguém a altura do Tanaka, um dos principais papéis da novela.

A equipe chegou a vários nomes, mas a aposta foi em um ator do potencial do Luís Melo. Logo nos primeiros capítulos, as críticas. O talento dele, no entanto, já fez calar a maioria delas. Todo aquele que acompanha a novela já não consegue enxergá-lo de maneira diferente.

Dois lados
A Globo inventou essa moda de terminar “Haja Coração” terça, com reprise no dia seguinte, no horário da “Sessão da Tarde”. É a segunda vez que isso vai acontecer, em se tratando de meio de semana, com final feliz assegurado porque o número de ligados será maior.

O problema, que está encucando meio mundo lá dentro, é saber se a sua substituta, “Rock Story”, vai ganhar o devido embalo, começando numa quarta-feira.

Troca de comando
Na nova temporada de “A Arte do Encontro”, Bárbara Paz assume o lugar do Tony Ramos, para receber no Canal Brasil grandes nomes do mercado artístico do nosso país.

O convidado da quarta-feira, meia-noite, será Dráuzio Varella, falando sobre sua relação com a morte e apresentando uma leitura de “Os Últimos Dias”, de Carlos Drummond de Andrade.

Perda
Faleceu ontem no Rio de Janeiro, aos 48 anos, o autor-roteirista Max Malmann.

Era funcionário da TV Globo há 20 anos, onde escreveu vários programas, com destaque para “A Grande Família”, na qual assinou dezenas de episódios.

No momento, está em desenvolvimento na casa um seriado criado por ele com grandes chances de produção.

Figura muita querida na emissora, Malmann vinha lutando bravamente contra um câncer, diagnosticado há cerca de dois anos.  
     
Bate – Rebate
• Com direção de Paulo Fedato, o show da turnê de “Cúmplices de um Resgate” será apresentado neste domingo no Citibank Hall, em São Paulo.       
• O jornalismo, hoje, é prioridade na RedeTV!. Depois de Boris Casoy e Salette Lemos, outras contratações estão sendo trabalhadas...
• ... Pelo menos duas delas em vias de acontecer ainda este ano.
• Silvio Luiz, o nosso mestre, é o entrevistado “Bola da Vez”, na ESPN Brasil. Gravou ontem.
• Record liberou cinco autores para colaborarem com Vivian de Oliveira na novela “O Apocalipse”...
• ... Internamente, avalia-se que será um trabalho nas proporções de “Os Dez Mandamentos”...
• ... E em condições de alcançar tanto ou até uma maior repercussão.
• A partir deste sábado, a Band começa a transmitir os jogos do NBB – Novo Basquete Brasil...
• ... A partida de abertura desta 9ª edição do torneio será uma reedição da final do ano passado, Flamengo e Bauru...
• ... Encontro marcado para as 13h45, no Ginásio Panela de Pressão, na cidade do interior paulista.
• Tainá Muller está confirmada no elenco de “Pouso Alegre”, série da Fernanda Young e Alexandre Machado para o GNT.
• O final de semana de futebol internacional nos canais ESPN gera uma curiosa disputa interna na emissora: quem vai narrar o gol de número 25.000 da Premier League?
• Ainda no futebol, o Fox Sports transmite neste sábado, às 18h, São Caetano e Ferroviária, exclusivo, pela Copa Paulista.

C'est fini
O “Jornal da Record”, com Adriana Araújo, na edição do próximo dia 24, vai apresentar a nova marca da Record em uma reportagem especial.
A partir daí haverá um grande esforço da emissora em promover, o quanto for possível e necessário, esta identificação.

Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

*Colaborou José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo