Coluna

Flávio Ricco

Viacom compra Porta dos Fundos? Grupo desmente

Fernanda Pineda/UOL
Antonio Tabet, Kibe Loco, desmentiu venda do Porta dos Fundos para Viacom Imagem: Fernanda Pineda/UOL
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

19/11/2016 07h00

A notícia é que a Viacom, depois de assumir o controle da emissora número um da Argentina, a Telefe, acertou a compra do Porta dos Fundos. Negócio estaria fechado.

Antônio Tabet, falando pelo Porta, disse que esse papo está correndo, mas que nada foi vendido. Segundo ele, de vez em quando surgem coisas parecidas e assim como a Viacom, agora, já se falou da Sony, antes.

Para quem não sabe, a Viacom é um poderoso conglomerado de mídia, com base nos Estados Unidos, dona de várias empresas.

A MTV, por exemplo, é uma delas.

O conteúdo do “Porta” sempre serviu de disputa, tanto entre empresas aqui do Brasil, como as de fora. Caso para se acompanhar.

Tempo ao tempo.

Ainda a propósito do “Porta”, a atriz e cantora Evelyn Castro, após destaque nos musicais "Tim Maia" e "Cássia Eller", é a mais nova integrante do grupo.

Divulgação
Evelyn Castro com Fábio Porchat Imagem: Divulgação

*Colaborou José Carlos Nery

Leia a coluna na íntegra.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo