Coluna

Flávio Ricco

SBT decide acabar com "Domingo Legal"; Portiolli irá para sábado à tarde

Divulgação/SBT
Celso Portiolli à frente do "Domingo Legal" Imagem: Divulgação/SBT
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

07/12/2016 18h49

O fim do “Domingo Legal”, apresentado por Celso Portiolli, será anunciado oficialmente para sua equipe na próxima segunda-feira (12). No final da tarde desta quarta, depois de consultada, a direção do SBT confirmou a informação.

Devido à baixa audiência, o “Domingo Legal”, que já teve bons momentos sob o comando do Gugu, vai sair de cena, para dar lugar ao formato do antigo “Fantasia”, que tem estreia prevista para logo depois do carnaval.

Acaba também o "Sabadão", que terá edições inéditas só até o final de dezembro, embora não se descarte a possibilidade de colocar reprises durante as férias de janeiro e fevereiro.

Por outro lado, é importante informar que não estão previstas demissões. As duas produções serão deslocadas para o novo programa do Portiolli nas tardes do sábado, que também deve ir ao ar a partir da primeira semana de março.

Durante a abertura da exposição sobre Silvio Santos no MIS (Museu da Imagem e do Som), na terça, Portiolli disse ao UOL que sua situação no SBT estava indefinida e que poderia apresentar um programa na tarde de sábado, horário que era de Raul Gil:

“Existe uma possibilidade de fazer no sábado à tarde, mas é uma possibilidade. Gravo até 18 de dezembro, volto de férias no dia 5 de fevereiro. Quando eu voltar, acho que vai ter alguma novidade. Acho que nas minhas férias eles vão mandar alguma notícia. Tomara que não mande voltar antes. Meu desejo é fazer programa de televisão”.

*Colaborou José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo