Coluna

Flávio Ricco

Juan Alba interpreta indiano na série "Dois Irmãos"; veja caracterização

Divulgação/TV Globo
Juan Alba interpreta o indiano Rochiram em "Dois Irmãos" Imagem: Divulgação/TV Globo
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

17/01/2017 07h00

O ator Juan Alba inicia participação na série “Dois Irmãos” da Globo na próxima quinta-feira (19).

Ele interpreta Rochiram, um empresário indiano que chega a Manaus disposto a realizar grandes empreendimentos e terá papel fundamental no desfecho da briga entre os gêmeos Omar e Yaqub, vividos por Cauã Reymond, e de toda a família.

Para ator, personagem foi “um presente”

À coluna, Juan Alba conta que o trabalho em “Dois Irmãos” foi diferente de tudo o que já fez na televisão:
“Desde a caracterização, que pra mim foi inédita, nem no teatro me transformei tanto, como no trabalho extremamente criativo com o [diretor] Luiz Fernando Carvalho e sua equipe, que sempre nos convida a ir além.”

“A sensação que tive foi a de um mergulho profundo naquele universo, como se eu tivesse saído das páginas do livro do Milton Hatoum ou das histórias de Monteiro Lobato. Uma linda adaptação da Maria Camargo. Foi um presente participar dessa obra”, comemora o ator.
 

*Colaboração de José Carlos Nery


 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo