Coluna

Flávio Ricco

Gui Santana, do "Pânico", negocia com a Globo para ser o Zacarias

Manuela Scarpa/Foto Rio News
Gui Santana, do "Pânico", pode ser Zacarias no remake de "Os Trapalhões" Imagem: Manuela Scarpa/Foto Rio News
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

Gui Santana, do “Pânico na Band”, tem boas possibilidades de ser o Zacarias, no remake de “Os Trapalhões”, com exibição anunciada para o segundo semestre.

Ele já conversou tanto com a Globo quanto com Renato Aragão, que está à frente do projeto e alguém que recebeu com simpatia a ideia de contar com outro grande valor revelado pelo ”Pânico”

A coluna, na tarde desta quarta-feira, tentou falar com Gui Santana por telefone. Mas ao ouvir de quem se tratava, pediu desculpas, alegou estar dirigindo e foi rápido na conversa.

Perguntado sobre sua permanência ou não no “Pânico”, foi econômico e inconclusivo na resposta: “Não quero falar sobre isso agora”.

Sobre o convite para viver Zacarias em “Os Trapalhões”, se limitou a dizer que tem recebido “muitas sondagens”.

Na Globo, no entanto, mesmo não cravando a sua contratação, todos dão a negociação como muito bem encaminhada. Ainda com o Gui como pendência, o remake do programa já tem acertadas as participações de Lucas Veloso, como Didi; Mumuzinho, como Mussum, e possivelmente Nego do Borel, fazendo Tião Macalé.

A Band, parte também envolvida no episódio, consultada, não respondeu até agora.

Mas não é segredo para ninguém que o “Pânico” passa por uma grande reformulação de elenco em pleno voo, e quase tudo pode acontecer a qualquer momento.

Como se não bastasse, chega a informação que o contrato do Gui com o "Pânico" termina nesta quinta-feira(16) e a equipe do programa já dá como certa sua saída, dada a dificuldade na renovação.   

 

*Colaboração de José Carlos Nery 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo