Coluna

Flávio Ricco

Gustavo Diament deixa o comando da Turner no Brasil

Divulgação
Gustavo Diament deixou a gerência-geral da Turner no Brasil Imagem: Divulgação
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

14/03/2017 07h01

Em reunião com os seus diretores, na manhã desta segunda (13), Gustavo Diament anunciou a sua decisão de deixar a gerência-geral da Turner no Brasil.

Executivo, com experiência acumulada em diferentes ramos de atividades, ele ficou pouco mais de dez meses no cargo, período necessário e suficiente para entender que nada de mais interessante vai acontecer na TV paga do Brasil, enquanto os seus meios de procedimento continuarem exatamente os mesmos de muitos anos. E sem qualquer perspectiva de mudança para os próximos, porque outras conveniências se sobrepõem ao desejo de atender o consumidor em primeiro lugar.

Trabalhar com a cabeça da pirâmide em posição invertida, foi um desenho com o qual Diament nunca concordou e que acabou determinando seu afastamento. Lamentável para a Turner perder um profissional da sua altura e peso, mas fato absolutamente natural em se tratando de TV paga aqui no Brasil. Os negócios outros, principalmente em relação às operadoras, sempre prevalecem sobre os demais. Impossível dar certo desse jeito.

Quadro suicida
Enquanto acontecimentos como este, a saída de um profissional com a qualidade do Diament, vitimizam ainda mais o setor, nada é feito por parte daqueles que estão à frente da TV paga para barrar o crescimento de outros meios.

Entre os principais, a explosão dos vídeos online.

Outras baixas
Além de Gustavo Diament, também estão deixando a  Turner Brasil: Rogério Gallo(VP) e Daniela Vieira (gerente de conteúdo do Cartoon).

Todos profissionais bastante respeitados no mercado. 

Raquel Cunha/Divulgação/TV Globo
"Pessoa pública não tem vida pessoal", dirá Luciane (Grazi Massafera) para Salete (Cláudia Raia), durante barraco entre elas que vai ao ar nesta terça-feira em "A Lei do Amor" Imagem: Raquel Cunha/Divulgação/TV Globo
Fora dessa
O jornalista Luís Erlanger, ex-Globo, não vai prestar consultoria à equipe de comunicação de governo federal.

Depois de uma reunião com o ministro Moreira Franco, da Secretaria Geral da Presidência da República, houve o entendimento que o seu trabalho de assessoria não será necessário.

Parcimônia
É preciso saber até que ponto são importantes ou interessantes as estatísticas nas transmissões de um jogo de futebol.

Número de encontros, quantas vezes um time ganhou do outro etc. Como encheção de linguiça, vá lá, entende-se, mas com a bola rolando não dá.

Aniversário
A Brasil Radio, emissora do Grupo Bandeirantes, comemora um ano no ar.

A sua programação é voltada para os brasileiros que moram em Orlando, na Flórida. 

Ibope
“O Céu é o Limite”, novo programa de Marcelo de Carvalho nos sábados da Rede TV!, estreou com 2,3 pontos e 4,4% de participação. 

Foi a maior audiência do sábado (11), mas nada muito diferente do que já vinha dando o “Mega Senha”.

Mudou
O canal Universal informa que a estreia da série “171 – Negócio de Família”, com Felipe Folgosi e Norival Rizzo, não vai ser mais em 9 de abril.

Foi transferida para o dia 23 do mesmo mês.

Divulgação
Rodrigo Lombardi dubla o vilão Gargamel na animação "Os Smurfs e a Vila Perdida" Imagem: Divulgação
Dublagem
Rodrigo Lombardi dubla o vilão Gargamel na animação “Os Smurfs e a Vila Perdida”, que chega aos cinemas em 6 de abril. 

Além de Lombardi, o elenco de dubladores nacionais reúne Ivete Sangalo, Maisa Silva e Giovanna Chaves.

Campanha
O Corinthians estampou a hashtag #Sing4LifePaul na barra traseira de sua camisa, domingo, no jogo contra a Ponte Preta. 

Foi mais uma iniciativa da campanha para que Paul McCartney mude a letra de sua música nas redes sociais. Em vez de cantar "Live and Let Die" (Viva e deixe morrer), inverta para "Die and Let Live" (Morra e deixe viver). A banda Beatles 4 Ever, na turnê que começa sábado, no Teatro Bradesco, em São Paulo, já apresentará uma versão modificada.

Bate – Rebate

• A reprise de filmes no SBT não tem data para terminar...
• ... Por enquanto, nada haverá de primeira exibição em nenhuma das suas sessões de cinema...
• ... Existem dificuldades para acertar com nova distribuidora.
• A partir de hoje, Malvino Salvador começa a aparecer em “Sol Nascente”.
• O “Fantástico” e Renata Ceribelli foram muito bem no episódio de estreia da série “Quem Sou Eu?”, sobre transgêneros...
• ... Jornalisticamente perfeita, abordando os principais aspectos dessa questão...
• ... No entanto, também houve quem não gostou e fez questão de manifestar sua indignação no site do programa.
• A Rede Massa, representada por Mauro Lissoni, Rafael Massa e Joezer Xavier, participou ativamente da RioContent 2017.
• Além da TV, Aguinaldo Silva prepara sua volta ao teatro, com “Isadora e Oswald”, texto que escreveu na década de 1980 e foi protagonizado por Norma Benguel. Estreia prevista para agosto em São Paulo.
• A volta do “Globo Repórter”, sexta-feira, levantou a faixa horária do programa em 4 pontos em São Paulo e no Rio: 19 e 20 pontos respectivamente.

*Colaboração de José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo