Topo

Coluna

Flávio Ricco

Walther Negrão tem contrato renovado até 2020; próximo trabalho é uma série

Greg Salibian/Folhapress
Walther Negrão vai escrever uma série, provavelmente para o ano que vem Imagem: Greg Salibian/Folhapress
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

16/03/2017 07h00

O autor Walther Negrão esteve na Globo neste começo de semana liquidando pequenas pendências de “Sol Nascente”, mas definindo também as bases de um novo contrato. Foi tudo acertado e ele vai assinar por mais três anos.

Hellen Couto/Divulgação/TV Globo
Alice mudará de visual em "Sol Nascente" Imagem: Hellen Couto/Divulgação/TV Globo
Ainda durante a visita ao Projac ficou definido que o seu próximo trabalho será uma série, possivelmente para o ano que vem. Vale lembrar que desde “A Casa das Sete Mulheres”, exibida em 2003, ele não faz nada no gênero.

Devido a problemas de saúde, Negrão não pode conduzir os rumos de “Sol Nascente”, mas isso não ofusca em absolutamente nada a sua brilhante trajetória na Globo, onde estreou em 1969, vindo da Tupi. É um dos seus mais respeitados autores e em todos os setores. Também teve passagens por Record e Bandeirantes, entre outras.  

A propósito, Giovanna Antonelli, a Alice, adotou um novo visual para a etapa final da história. Cortou e clareou os cabelos, especialmente por conta da passagem de tempo que acontecerá no último capítulo.

Ela aproveitou a mudança da personagem para realizar uma ação do bem. Cortou o próprio cabelo e fez a doação para a ONG Cabelegria.

A instituição roda o Brasil distribuindo perucas para crianças e adultos que estão em tratamento contra o câncer.

*Colaboração de José Carlos Nery