Coluna

Flávio Ricco

Marcelo de Carvalho usa telejornal para comunicar rompimento com operadoras

Reprodução / TV UOL
RedeTV!, de Marcelo de Carvalho, SBT e Record ameaçam deixar operadoras de TV paga Imagem: Reprodução / TV UOL
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

24/03/2017 20h27

A direção da Rede TV! se utilizou do seu principal telejornal, “Rede TV News”, no começo da noite desta sexta-feira (24), para fazer uma importante comunicação acerca do desligamento do sinal analógico e a posição das emissoras Record, Rede TV! e SBT diante das operadoras de TV por assinatura que se recusam a negociar os direitos de transmissão desses canais.

Texto redigido e lido pelo vice-presidente Marcelo de Carvalho, falando pelas três redes de televisão e informando que na próxima quarta-feira, dia 29 de março, aqueles que assistem à essas TVs na NET, Sky e Claro, entre outras operadoras, deixarão de receber o sinal dessas três redes.

Disse que há um empenho em negociar e receber o que outras emissoras "nacionais e internacionais já recebem" dessas operadoras. Mas, "se irredutíveis, se se negarem a pagar, os assinantes ficarão sem muitos dos seus programas preferidos", ameaçou Carvalho.   

Todos os esforços continuam sendo feitos para que isto não venha a ocorrer, no entanto, revelou que não está havendo boa vontade em discutir o problema.

Usou este tempo para colocar que era uma obrigação informar sobre o que está prestes a acontecer. Mas repetiu várias vezes o termo provavelmente, o que deixa a crer que ainda existe esperanças de um acordo.

*Colaborou José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo