Coluna

Flávio Ricco

Após duas recusas, Bruna Marquezine volta às novelas em "Deus Salve o Rei"

Marcos Ribas/Brazil News
Imagem: Marcos Ribas/Brazil News
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

20/04/2017 07h00

Bruna Marquezine, após recusar papéis em “O Outro Lado do Paraíso”, substituta de “A Força do Querer”, e “Tempo de Amar”, próxima das 18h, acertou sua volta às novelas da Globo e fará uma das protagonistas de “Deus Salve o Rei”, uma história medieval que estreia em janeiro, na faixa das 19h.

A atriz disse sim para o convite do autor Daniel Adjafre e do diretor Fabrício Mamberti. A personagem, uma princesa vilã, filha de Marco Nanini(o ator fará participação especial), balançou Bruna e ela aceitou de imediato o chamado.

Bruna, como se sabe, depois de vários trabalhos seguidos, havia recebido uma autorização especial da emissora para ficar um tempo longe do vídeo a fim de se dedicar a estudos de interpretação.

Também pesou a favor da sua entrada na história o fato de a amiga Tatá Werneck ter sido escalada para este trabalho. A personagem de Werneck, também uma princesa, será na linha mais cômica.

“Deus Salve o Rei” já reúne no elenco Agatha Moreira, Marco Nanini, Caio Blat e Renato Góes.

*Colaboração de José Carlos Nery   

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo