Coluna

Flávio Ricco

Globo aposta alto em modelo gaúcha como novidade das suas novelas

Reprodução/Instagram/vitoriastrada_
Modelo Vitória Strada Imagem: Reprodução/Instagram/vitoriastrada_
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

03/06/2017 07h00

A modelo e atriz Vitória Strada já trocou Porto Alegre pela Barra da Tijuca em função da sua escalação em um dos principais papéis de “Tempo de Amar”, novela de Alcides Nogueira que será exibida na sequência de “Novo Mundo”, faixa das 18 horas. 

No Rio, ela é uma das mais exigidas nesse processo de preparação para viver a protagonista da trama, Maria Vitória, e já mergulhou em aulas de interpretação e equitação. A jovem ganhou o papel que a princípio seria feito por Bruna Marquezine e irá contracenar com nomes como Tony Ramos e Regina Duarte.

Escolhida por Jayme Monjardim após bateria de testes, Vitória Strada já tem um filme no currículo, “Real Beleza” (2015), ao lado de Adriana Esteves e Vladmir Brichta, e também poderá ser vista em “O Filme da Minha Vida”, de Selton Mello, com estreia prevista para 3 de agosto.

Sobre esse desafio na Globo, se limita apenas a dizer que está “muito ansiosa”. Maria Vitória, sua personagem, é descrita como uma moça linda, culta e com opiniões próprias. Muito querida por todos, é filha de José Augusto, personagem de Tony, e de Mafalda(atriz ainda não escalada), que morreu quando ela era criança.

Augusto criou a filha com a ajuda da governanta, Delfina (Letícia Sabatella). O pai, embora seja um aristocrata, dá à jovem muito mais liberdade do que era comum na época. “Tempo de Amar” se desenvolve entre os anos de 1927 e 1930, em Portugal e no Rio de Janeiro.

*Colaboração de José Carlos Nery

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo