Coluna

Flávio Ricco

Baixa audiência da Record bate no bolso dos apresentadores

Reprodução/Instagram Rodrigo Faro
Rodrigo Faro em um momento de descontração com o colega Geraldo Luís Imagem: Reprodução/Instagram Rodrigo Faro
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

12/08/2017 07h00

A crise de audiência da Record, e os números demonstram claramente isso, é a pior dos últimos tempos.

Os resultados, a partir da Simba e das recentes mudanças na programação, são muito ruins e sem quaisquer perspectivas de melhora em curto ou médio prazo.

A chance de qualquer outra alteração para ao menos minimizar o tamanho do estrago é praticamente nenhuma, entre outras razões porque não tem como interromper a exibição de uma novela, ainda que reprise, como é o caso de “Os Dez Mandamentos”.

Sinuca de bico, com consequências muito ruins para todos. Alguns dos seus principais apresentadores, que têm suas receitas mensais atreladas aos merchandisings durante os programas, diminuíram de maneira bem drástica os seus ganhos. Geraldo Luís e Rodrigo Faro, segundo fontes do departamento comercial, entre todos, são os que têm observado as maiores perdas.

Como era esperado, um desastre que já começa a bater também no bolso das pessoas

A situação é das mais delicadas.

*Colaborou José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo