Coluna

Flávio Ricco

Executivos preveem nova troca de cadeiras na Bandeirantes

Leticia Moreira/Folhapress
Diego Guebel, vice-presidente de televisão da Band Imagem: Leticia Moreira/Folhapress
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

18/09/2017 00h05

Tudo leva a crer, até pela necessidade do momento, que muito em breve teremos uma nova troca de cadeiras na direção da Bandeirantes. Pelo menos esta é a sensação de vários nomes importantes da emissora.

Segundo eles, o trabalho de Diego Guebel, no comando do Artístico e Programação, já não é mais unanimidade na casa. Ao contrário. Entre as principais críticas a ele, o fato de gastar muito em alguns poucos produtos e esquecer os demais.

Como se não bastasse, mais interessado do que nunca, o dono, Johnny Saad, passou a ouvir pessoas de outros diferentes setores da emissora, para ter uma ideia melhor da situação como um todo.

A divisão da Band, em duas, São Paulo e rede, é um processo que ele quer ver funcionando o mais rápido possível.

E ainda no decorrer deste ano, sem esperar pelo próximo, ajustes importantes serão feitos na grade de programação,  como tentativa de buscar um dinheiro novo no mercado.

A Band, hoje uma TV que perdeu a identidade, está em vias, inclusive, de iniciar uma volta ao passado e se reaproximar do público que perdeu, para isso reativando valores que sempre foram importantes e apresentaram bons resultados.

*Colaboração de José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo