Coluna

Flávio Ricco

"Os Parças": Filme de Tom Cavalcante estoura nas bilheterias

Divulgação
Tirulipa, Whindersson Nunes, Tom Cavalcante e Bruno de Luca em cena do filme "Os Parças" Imagem: Divulgação
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

09/12/2017 00h05

Filme estrelado por Tom Cavalcante, “Os Parças” está fazendo bonito nas bilheterias. Em apenas uma semana desde a estreia, já é considerado um sucesso, com a marca de 422 mil espectadores, ultrapassando inclusive grandes lançamentos internacionais, em um ano considerado fraco para o cinema nacional.

Esse desempenho acima das expectativas gerou um fenômeno pouco comum: a ampliação do número de salas de exibição.

“Os Parças” chegou a mais 42 cidades de norte a sul do país, somando 87 salas às que exibem o filme desde o lançamento.

A comédia que reúne o Tom, Whindersson Nunes, Tirulipa e Bruno de Luca, é a primeira incursão da produtora Formata no cinema, empresa já presente com programas no SBT, Multishow e MTV.

O bom momento deste trabalho já motivou os executivos da produtora a planejar novos títulos para as telonas.

*Colaborou José Carlos Nery 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo