Topo

Coluna

Flávio Ricco

As novelas vivem a sua melhor fase aqui e no mundo

Divulgação
Cena da novela turca "Sila - Prisioneira do Amor" Imagem: Divulgação
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

22/12/2017 00h06

Nas últimas décadas, de modo muito especial, México e Brasil sempre se destacaram em todo o mundo como principais produtores de telenovelas.

Outros países como Chile, Venezuela, Argentina, Portugal e Colômbia principalmente, em algumas ocasiões também se sobressaíram com seus trabalhos, mas sem jamais chegar ao mesmo reconhecimento.

Agora, como novidade mais recente no mesmo campo, Turquia e a Coréia começam a aparecer como outros grandes produtores em potencial, alcançando prêmios – caso do Emmy e também disputando melhor colocação no mercado.

Interessante verificar tudo isso, no momento em que alguns setores tentam – inutilmente claro – questionar poderio da TV aberta ou preconizar para muito breve o fim das novelas.

Que bobagem, não acha?

Mês de férias
O SBT para, do verbo parar, praticamente a partir de hoje e janeiro inteirinho. Produções em férias e a maioria dos programas com reprises no ar.

Além do jornalismo, a outra exceção atende pelo nome de Silvio Santos, que resolveu adiar o seu merecido período de descanso para depois do carnaval.

AGNews
O time de apresentadores e jurados da terceira edição do "The Voice Kids" Imagem: AGNews
Tudo certo
Já há um bom tempo em gravações, a nova temporada do “The Voice Kids”, com estreia agora em janeiro, terá um total de 14 programas.

No ar até 8 de abril, com exibições aos domingos.

Direito a discurso
Em meio a uma comemoração com toda a equipe, Rodrigo Faro anunciou a renovação do seu contrato com a Record por mais cinco anos.

De acordo com ele, foi mais uma temporada de trabalhos das mais vitoriosas.

Mudou um pouco
A estreia da Regina Volpato no “Mulheres”, da Gazeta, não será tão imediatamente como se anunciou no começo.

Em vez da próxima semana, ficou para 8 de janeiro. Até lá entrarão algumas reprises com a Cátia Fonseca.

Duas versões
Nem sempre o que vem de fora é bem aceito no Brasil. É extensa a lista de formatos que, mesmo sendo sucesso em outros países, não renderam o suficiente por aqui. “Got Talent” e “X Factor”, entre outros.

Com o “BBB” e o “The Voice”, nas duas versões, passam se deu o contrário.

E mais...
A “Dança dos Famosos”, um dos destaques do “Domingão”, é outro exemplo a ser destacado.

Sucesso no Brasil, mas não com o mesmo modelo lá de fora. Aqui tem muito a mão e marca do programa.

Por outro lado
Com um assunto chamando outro, no mundo de hoje, diante das tantas e tamanhas facilidades disponíveis, não é possível aceitar que as exibições de séries internacionais por aqui aconteçam muito tempo depois das suas estreias lá fora.

Tipo da demora que não cabe mais na cabeça de ninguém.

Gente grande
Todo papel sempre é visto como novo desafio para qualquer ator ou atriz, por exigir muito trabalho de cada um na sua criação, construção e caracterização.

Alguns têm mais facilidade, outros não. No entanto, é interessante verificar o que aconteceu na novela do Walcyr, atualmente em cartaz. Todo o seu elenco, desde o começo, está muito bem. Trabalho uniforme.

E em novela...
Se alguém não sabe, os capítulos nunca são montados com cenas gravadas na mesma ocasião.

O roteiro obedece inúmeros outros critérios, mas nunca uma ordem estabelecida do que vai ao ar, daí se destacar o desempenho desses atores. Trabalho de direção sim, mas virtude de cada um também.

Tomando embalo
Só agora, superada toda a fase de mudanças em seu roteiro, “O Outro Lado do Paraíso” começa a abrir alguma frente de capítulos, sem levar ninguém da sua equipe ao desespero.

As necessidades das mudanças e o trabalho a mais exigido foram bem entendidos por todos.

Sergio Zalis / Divulgação
Atriz Carla Sale posa com Roberto Carlos durante as gravações do programa Imagem: Sergio Zalis / Divulgação
Programa do Rei
“Esse cara”, especial do Roberto Carlos vai ao ar, nesta sexta, na Globo, depois de “O Outro Lado do Paraíso”.

Presenças de Simone & Simaria, os cantores Djavan e Tiago Iorc, além da participação especial da atriz Isis Valverde.

Nada muda
Geraldo Luís, no ano que vem, continuará com o seu programa dos domingos na Record, sem qualquer alteração, que já exige trabalho muito forte, incluindo viagens, em todas as semanas.

A proposta de ter um outro, à noite, não avançou.

Bate – Rebate
• A Globo precisa observar maiores cuidados na programação de filmes na “Sessão da Tarde”...
• ... Mesmo considerando público rotativo e outros que tais, muitas vezes chegam a ser absurdas tantas repetições.
• Inicialmente o programa do Amaury Junior, aos sábados, na Band, terá duas horas de duração...
• ... No entanto, é bem possível que com o decorrer do tempo chegue a três.
• A partir deste próximo ano, maiores espaços locais serão abertos para as emissoras da Rede Bandeirantes...
• ... E por aí também se encaixa a TV Bandeirantes – São Paulo...
• ... Que além de uma programação independente, também terá um departamento comercial trabalhando só para ela.
• Amanhã, sábado, 10 da manhã, a ESPN Brasil transmite com exclusividade Barcelona e Real Madrid...
• ... E as presença do repórter José Renato Ambrosio e do comentarista Djalminha direto do Estádio Santiago Bernabéu.

*Colaborou José Carlos Nery

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!