Topo

Coluna

Flávio Ricco

Já imaginou Silvio Santos na carroceria de um caminhão?

Reprodução/SBT
Silvio Santos Imagem: Reprodução/SBT
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

01/01/2018 00h06

Silvio Santos sempre foi um alguém de muitas histórias. Uma, em particular, do conhecimento de poucos, é a mania que tinha no passado de apostar audiência.

Desafio que ele fazia aos seus diretores sobre o índice deste ou daquele programa, filme etc. Entre o que ganhou ou perdeu, nunca deixou no barato o que tinha a pagar e nem a receber.

Outra, essa mais antiga, comecinho da TVS, foi o dia em que, num final de tarde com tempestade em São Paulo, ele teve que ser socorrido para deixar as dependências da Vila Guilherme.

Não tinha como chegar ao seu carro, porque a água no meio do caminho, batia na altura da cintura de quem se atravesse.

O jeito encontrado foi colocá-lo numa poltrona, cuidadosamente transportada pelos bombeiros, com o nosso herói a bordo, até a carroceria de um caminhão.

E foi assim que ele conseguiu sair de lá. Na rua, claro, a cena chamou a atenção dos presentes.

Só duas, entre tantas outras curiosas passagens, para um começo de 2018 mais divertido.

Folclore

A televisão sempre foi recheada de divertidas histórias em seus bastidores.

Walter Zagari, hoje na Record, mas quando era do SBT, tinha o seu cartão de visita, ou vários, com os distintivos dos times paulistas e cariocas no alto deles. E escolhia sempre o que era de preferência do anunciante ou do dono de agência visitada. Com o tempo, claro, foi descoberto que aquilo não passava de um truque ou brincadeira.

Uma pena

Pessoal do “Jornal da Record” não está mais usando de tanto capricho na produção de séries especiais.

Em qualidade de edição, especialmente, as últimas exibidas, não estão lembrando em nada as que foram ao ar no passado. Passa impressão do qualquer jeito.

A propósito

A reportagem “Cidade Fantasma”, exibida pela Record e produzida pela equipe de Porto Alegre em 2016, ganhou alguns dos mais importantes prêmios este ano.

Os dois responsáveis por ela, Luiz Barbará e Patrícia Mello, não estão mais na casa. Mudaram para GloboNews e SBT respectivamente.

Vale dizer

A Band vai indo e nada se alterará ao longo desses dois primeiros meses do ano.

Tudo continuará exatamente do jeito que está. As alterações na sua direção fizeram crescer o número de boatos, em torno de novas trocas e mudanças na programação.

Reprodução/Instagram/gazetamulheres
Cátia Fonseca Imagem: Reprodução/Instagram/gazetamulheres
Por enquanto

Por continuar do jeito que está, de acordo até com manifestações oficiais, devemos entender que toda e qualquer alteração na grade só a partir de março. Para quando, aliás, está marcada a estreia do programa da Cátia Fonseca.

Acordo curto

Por enquanto, não há nada acertado entre Regina Volpato e Gazeta, para apresentação do “Mulheres”, além de um mês de contrato.

Talvez, por causa do Natal e passagem de ano, não existiu a oportunidade de uma nova conversa. Por enquanto, o certo é isso, com sua estreia a partir do dia 8.

Teve isso (1)

A novela do João Emanuel Carneiro que vem por aí, como substituta de “O Outro Lado do Paraíso”, sofreu alterações em seu elenco em relação ao que inicialmente se divulgou.

Carol Castro e Herson Capri foram alguns dos escalados antes e dispensados depois.

Teve isso (2)

Importante considerar que tais intervenções não tiveram como objetivo trocar este ou aquele ator, mas vieram a acontecer porque foram feitas mudanças no contexto da história.

Assim como existiu a obrigatoriedade de abrir mão de alguns, houve a necessidade de chamar outros.

Situação de momento

O assunto Copa do Mundo, na Band, terá que ser resolvido em janeiro. Não pode passar.

De concreto, no campo comercial, o que se sabe é que existe compromisso de venda de duas cotas para empresas do Governo Federal. Mas só elas de um total de seis.

Bate – Rebate
• A saída de Diego Guebel da Band coloca em risco o futuro das novelas turcas...
• ... Há uma ala da direção da casa contrária a continuidade delas...
• ... De qualquer forma este será só mais um assunto sobre mesa de trabalho do dono Johnny Saad nos próximos dias...
• ... Assim como passou a acontecer com tudo que diz respeito às áreas de programação e produção nesses últimos tempos.
• Produção do “Dancing” arregaça as mangas e passa a acelerar a próxima edição do programa a partir desses primeiros dias de janeiro...
• ... A estreia, se a Record não mexer em nada até lá, será no próximo dia 17...
• ... Os ensaios das duplas tiveram início no final do ano passado...
• ... Importante lembrar que o “Dancing Brasil”, em sua terceira temporada, não será mais exibido às segundas, mas nas noites de quarta-feira...
• ... Assim como todos os programas de temporada da Record.

*Colaborou José Carlos Nery

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!