Coluna

Flávio Ricco

Arrumação e crescimento da Band passa a depender apenas dela

Divulgação
Imagem: Divulgação
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

02/01/2018 00h06

Ano Novo – Vida nova na Band, pelo menos é com este objetivo que a sua direção pretende trabalhar a partir de agora, procurando rapidamente superar os erros cometidos no passado e encontrar pela frente um caminho mais favorável e seguro.

Há o entendimento que com mais dois ou três pontinhos na sua audiência/dia será possível entrar na disputa por uma melhor colocação no Ibope, aproveitando-se inclusive da fragilidade de algumas das suas concorrentes.

Para tanto, fortalecer a grade e linkar seus bons conteúdos com outros que possam apresentar resultados um pouco mais positivos, será o suficiente para se chegar a esta melhor colocação.

E, como outra necessidade, fazer nascer uma nova identidade, assim como já existiu no passado, quando ficou conhecida como “canal do esporte”.

A receita parece que existe. Resta saber se será colocada em prática. É essa a expectativa que fica a partir de agora.

O ano virou

Primeiros dias de 2018 e não existe até aqui nenhuma solução entre Sport Promotion e Rede TV! para a transmissão da próxima Série B. Ainda não houve nenhuma manifestação da emissora à proposta apresentada.

Ponto 1

A direção da Rede TV! não tem pretensões de abrir mão da Série B.

É um produto que sempre oferece retornos bem convincentes em audiência e faturamento.

Ponto 2

O que se comenta, no entanto, é que a pedida da Sport Promotion, cerca de R$ 6 milhões/ano, foi considerada muito alta pela direção da Rede TV!.
Inclusive, por se tratar de apenas um jogo da rodada, o que é transmitido na faixa das tardes de sábado.

A propósito

Foi bem além do que se esperava a negociação do Grupo Band com a IMG para a transmissão de Roland Garros.

O acerto para transmissão exclusiva, à princípio conversado apenas para este ano, acabou sendo fechado até 2020. A transmissão da maioria dos jogos será no canal BandSports. A Band, aberta, só nas finais.

E mais...

Ainda em se tratando da IMG, para este 2018 nada irá se alterar com as transmissões da Libertadores da América e Sul-Americana. Irão continuar onde sempre estiveram, Globo com SporTV e Fox Sports.

A nova concorrência, aí sim, valerá para o ano que vem.

Divulgação
Rayssa Batillieri Imagem: Divulgação

Próxima “Malhação”

“Malhação Vidas Brasileiras”, escrita por Patrícia Moretzsohn e direção de Natalia Grimberg, vai estrear em março. É o que está previsto.

Para composição do seu elenco foram entrevistados 563 jovens de várias regiões do Brasil, sendo 17 selecionados. Rayssa Batillieri, que vai interpretar a personagem Pérola, filha de Isadora (Ana Beatriz Nogueira), acabou sendo uma delas.

Programação

Neste 2018, como já colocado por aqui, a Globo fará uma série de investimentos na sua grade dos sábados.

Além de uma presença maior do esporte na faixa da tarde, também está em estudos um novo programa musical.

Estilo

Um gênero musical muito cotado na Globo para virar programa aos sábados é o sertanejo.

Tudo, ainda, em fase de estudos.
 

Divulgação/Rede TV!
Daiana Garbin Imagem: Divulgação/Rede TV!

Papo reto

No primeiro “Mariana Godoy Entrevista” deste ano, a convidada será a jornalista Daiana Garbin.

Durante boa parte da conversa, ela fala do transtorno alimentar que a acompanhou durante longos anos e como fez para superá-lo. Além de comentar o recente lançamento do livro “Fazendo as pazes com o corpo”, onde compartilha um pouco de sua história.

Equilibrada

Para “Pega Pega” vale ou se encaixa bem o “antes tarde do que nunca.

Já em sua reta final, a novela passou a apresentar situações bem interessantes, a maioria delas girando em torno dos personagens do Marcelo Serrado, Mateus Solano, Mariana Santos, Nanda Costa, Ângela Viera, Vanessa Giácomo e Marcos Caruso.

E como é sempre bom assistir trabalhos da Nicete Bruno e Elizabeth Savalla.

Bate – Rebate
•       Já foram muitas as cenas de Bianca Bin com Fernanda Montenegro e Lima Duarte...
•       ... Talentosa, em “O Outro Lado do Paraíso", no seu melhor momento na televisão, Bianca consegue se colocar na altura dos dois...
•       ... Juntos, até aqui, eles sempre protagonizaram momentos importantes da novela.
•       Ainda em se tratando de “O Outro Lado do Paraíso”, destaque-se ainda a forma atual do autor Walcyr Carrasco...
•       ... Ele tem se saído bem em todos os trabalhos, que não foram poucos nesses últimos anos...
•       ... Quando sentiu que alguma coisa não ia bem ou seriam poucas as chances de dar certo, nunca teve receio de mexer...
•       ... E no momento de mexer sempre mexeu acertadamente.
•       Previsão para o lançamento do filme do Chacrinha é setembro próximo...
•       ... Com trabalhos de captação encerrados em meados de dezembro, “Chacrinha, o Velho Guerreiro” usou mais de 2 mil figurantes...
•       ... E as suas cenas foram realizadas em 30 locações distribuídas entre Petrópolis e o Rio de Janeiro.

*Colaborou José Carlos Nery
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo