Topo

Coluna

Flávio Ricco

Paolla Oliveira vai até o fim na busca de criminoso por vazamento de fotos

Estevam Avellar/TV Globo
Paolla Oliveira está gravando a série "Assédio" Imagem: Estevam Avellar/TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

03/03/2018 00h05

Paolla Oliveira ainda está tentando se recuperar do lamentável episódio do qual foi vítima nessa quinta-feira, quando foi surpreendida pelo vazamento de fotos nuas, feitas durante as gravações da série "Assédio" nos estúdios da O2, em São Paulo, que será exibida em novo serviço de streaming do Grupo Globo.

Coisa de gente ordinária.

Globo e O2 se posicionaram imediatamente sobre o caso e prometeram não economizar esforços para que sejam identificados os culpados e aplicadas as punições previstas na lei. É o mínimo.

Por sua vez, Paolla também deixa muito claro que vai levar esse caso até o fim. Promete não dar trégua para o responsável (ou responsáveis) por este ato que ela classificou como "criminoso".

Amigos da atriz, em contato com a coluna, garantem que ela está muito empenhada em esclarecer tudo isso e igualmente transtornada pelo episódio em um ambiente fechado.

Tem mais: profissional que é, a Paolla vai continuar o seu trabalho normalmente na série "Assédio". Nunca cogitou abandonar sua missão ou fazer exigências.

Só quer justiça, no que está muito certa.

(Atualização)

Segundo informação do jornalista Daniel Castro, publicada na tarde deste sábado, a Globo já identificou o responsável pelo vazamento: um operador de câmera free lancer. De acordo com Castro, ele confessou o crime.

Já a assessoria de Paolla Oliveira, consultada agora há pouco por esta coluna, diz que ninguém da Globo procurou a atriz até o momento para confirmar se o responsável por esse crime fora localizado. Paolla tem cobrado insistentemente um esclarecimento da emissora.

A coluna também procurou a assessoria da Globo neste sábado. "A gente não tem novas informações. Tudo que temos está no comunicado [distribuído quinta-feira]", se limitou a dizer a CGcom.     

*Colaborou José Carlos Nery