Topo

Coluna

Flávio Ricco

As TVs públicas pararam no tempo

Divulgação
TV Cultura está às vésperas de completar 60 anos de sua fundação Imagem: Divulgação
Flávio Ricco Flavio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Flavio Ricco

Colunista do UOL

13/03/2018 00h06

Quem pode explicar qual é o verdadeiro problema das TVs públicas no Brasil? Se a pobreza de suas programações é uma consequência da sempre alegada carência de recursos ou se deve mesmo à falta de capacidade das suas direções?

Por mais que se busque ou se use de boa vontade, não existem registros de nenhum grande sucesso recente na programação de nenhuma delas, ou nem mesmo a partir do instante em que, ao contrário de antes, foram permitidas inserções comerciais ao longo de suas programações.

A TV Cultura, em São Paulo, por exemplo, às vésperas de completar 60 anos, tem toda sua história construída por grandes sucessos e realizações, em diferentes campos como dramaturgia, jornalismo, esporte, entretenimento e educação.

Mas as dificuldades colocadas, com o passar dos tempos, acabaram por atrofiar sua capacidade de administração e produção. Nada de grande importância veio se juntar ao que ainda existe do passado, como é praticamente nenhuma a perspectiva de que isso possa se alterar ou voltar ao que um dia já foi.

Expediente

Cristianne Fridman continua trabalhando normalmente no roteiro da novela “Topíssima”, candidata a substituir “Os Dez Mandamentos” no segundo semestre.

Pelo ritmo da autora, é bem provável que a Casablanca, parceira da Record na Teledramaturgia, receba de uma só vez todos os capítulos da história, ainda sem data de gravação. Fridman já escreve o de número 70.

Impasse

Para a Casablanca dar início aos trabalhos de produção de “Topíssima”, falta ainda discutir com a emissora o tema principal, o orçamento.

Só depois da aprovação é que se poderá garantir sua presença na programação deste ano ou do próximo.

Save The Date

A direção da Globo já pediu para Cao Hamburger organizar sua agenda, uma vez que não abre mão da sua presença no Prix Jeunesse International, entre 25 e 30 de maio em Munique, na Alemanha.

Motivo: “Malhação – Viva a Diferença” é uma das finalistas e foi selecionada entre quase 400 programas para crianças e jovens para o prêmio que promove a qualidade na TV infanto-juvenil no mundo inteiro.

Tour da Palmirinha

Nesta terça-feira será a vez de o “Melhor da Tarde”, apresentado por Cátia Fonseca na Band, receber Palmirinha Onofre.

Ela vai cozinhar e ganhar uma homenagem de amigos e familiares. Como outro destaque, Alice Salazar, considerada a maior YouTuber de maquiagem do Brasil.

Ramón Vasconcelos/TV Globo
"Profissão Repórter", de Caco Barcellos, volta em abril Imagem: Ramón Vasconcelos/TV Globo

Desafio da reportagem

Caco Barcellos começou a gravar a nova temporada do programa “Profissão Repórter”, mobilizando equipes em diferentes pontos do país.

O jornalístico voltará ao ar em abril.

Dupla da pesada

Adriana Esteves como Laureta e Deborah Secco, no papel de Karola vão infernizar a vida da mocinha Luzia (Giovanna Antonelli), em “Segundo Sol”, substituta de “O Outro Lado do Paraíso”, na Globo.

Globo/João Miguel Júnior
Esta é a primeira imagem de Adriana Esteves como Laureta, vilã em "Segundo Sol" Imagem: Globo/João Miguel Júnior

Na frente 

Os dados consolidados de audiência em fevereiro garantiram a primeira colocação da ESPN Brasil como o canal mais assistido da TV paga entre o público masculino de 18 a 24 anos, segundo o Kantar Ibope Media.

Depois da ESPN, integram o TOP 5 neste público: Fox, Cartoon Network, Megapix e Warner.

Foi bem

Band comemora os resultados do “Música na Band” que estreou na última sexta-feira. O programa, em cima do espetáculo Cabaré, dos cantores Leonardo e Eduardo Costa elevou a audiência em 83% no horário (22h24 às 23h56), na Grande São Paulo.

Deu 3,3 pontos de média, share de 5,4% e pico de 4,4 pontos.

É sério

Cléo Pires vai mesmo lançar um EP com cinco músicas, mas ainda não tem uma data oficial. Isso, em meio aos preparativos para uma nova novela da Globo, “O Tempo Não Para”, substituta de “Deus Salve o Rei”.

Será que ela também vai fazer parte da trilha sonora?

Reprodução/Instagram
Cleo Pires se prepara para lançar EP Imagem: Reprodução/Instagram

Bate – Rebate
• Ana Maria Braga disparou gravações do quadro “Fecha a conta”, para o “Mais Você”.
• Além dessa questão da Luciana Gimenez, se fica ou não fica, a direção da Rede TV! tem outros assuntos para tirar da frente...
• ...Entre abril e maio, há vários contratos de apresentadores chegando ao fim na casa.
• No próximo domingo, o futebol na TV volta para a faixa das 16h.
•  “Ayrton Senna, o musical” estreia dia 16 no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo...
• ...Hugo Bonemer lidera o elenco do espetáculo.
• ...Com Silvio Santos em férias nos Estados Unidos, muitas decisões terão que aguardar sua volta...
• ...É o caso do “Topa ou Não Topa”, por exemplo...
• ...Se não for o apresentador, ele pretende dirigir a filha Patrícia nas primeiras edições.
• Depois de “Tempo de Amar” na Globo, Olívia Torres vai de teatro...
• ...Ela substitui Leticia Birkheuer no espetáculo “Além do que os Nossos Olhos Registram”.
• Alexandre Avancini ainda não tem prazo para voltar à direção de novelas na Record...
• ...Ganhou uma boa folga, após se dedicar ao filme “Nada a Perder”. Talvez na substituta de “Jesus”.

*Colaborou José Carlos Nery