Topo

Coluna

Flávio Ricco

Celulari fará dono de escravos que tem família congelada em nova novela

João Miguel Júnior/TV Globo
Primeira imagem de Edson Celulari e Rosi Campos como Dom Sabino e Dona Agustina, de “O Tempo Não Para”, próxima novela das sete da Globo Imagem: João Miguel Júnior/TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

16/05/2018 00h05

Após “Malhação: Vidas Brasileiras”, Edson Celulari já mergulhou nos trabalhos de “O Tempo Não Para”, substituta de “Deus Salve o Rei” com estreia em 31 de julho.

Na primeira fase, Dom Sabino é um empresário vitorioso que trata os escravos e agregados com respeito, mas não hesita em fazer justiça com as próprias mãos, especialmente se for para limpar a honra da família.

A novela, escrita por Mario Teixeira, acompanha a história de uma família congelada, em 1886, que desperta nos dias de hoje e precisa lidar com os choques temporais.

Depois de ser descongelado, Sabino ficará encantado por  Carmen (Christiane Torloni), e sofrerá marcação cerrada da ciumenta mulher, Agustina(Rosi Campos), que tem grande resistência em aceitar os novos modos do século XXI.

São pais de Marocas (Juliana Paiva), Nico (Raphaela Alvitos) e Kiki (Nathalia Rodrigues).

*Colaborou José Carlos Nery