Topo

Coluna

Flávio Ricco


"Segundo Sol" promete virada e um "quem matou?" nos próximos capítulos

Vladimir Brichta como Remy em "Segundo Sol" - João Cotta/TV Globo
Vladimir Brichta como Remy em "Segundo Sol" Imagem: João Cotta/TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL"

30/06/2018 00h06

Ainda tem muito chão pela frente, mas já se sabe que "Segundo Sol" será "outra novela" a partir do centésimo capítulo.

João Emanuel Carneiro promete uma sequência de fatos novos, e é nesse período que Vladimir Brichta vai se despedir, certamente dando origem a um "quem matou?", com direito a vários suspeitos e novo mistério a ser esclarecido no fim.

O lado tenebroso sempre esteve presente nas novelas deste autor. Em "A Favorita", a sua primeira no horário das nove, a personagem Flora, da Patrícia Pillar, foi quase uma serial killer, fazendo várias vítimas ao longo dos seus cento e tantos capítulos.

Em "Avenida Brasil", entre tantas outras da Carminha e companhia bela, teve também o misterioso assassinato do Max (Marcello Novaes), gancho recorrente também em sua última, "A Regra do Jogo".

Nela, quase no fim, em meio a um tiroteio, o milionário Gibson Stewart (José de Abreu) apareceu morto em seu escritório, armando todo um mistério em torno do verdadeiro executor. No caso, executora, porque o tiro partiu da própria filha.

Um recurso corriqueiro, muitas vezes até em tom apelativo, mas que sempre proporciona efeitos bem desejados na audiência.

Agora, em "Segundo Sol", não deve ser diferente.

Situação complicada

Lançar seus próprios produtos na faixa das 18 horas, de fato foi uma conquista do jornalismo da RedeTV!. Algo a ser reconhecido.

O porém é que ainda não existem ou não são oferecidas possibilidades para a elaboração de um trabalho melhor. Tudo é feito no peito e na raça, "zap-dependência", em condições próximas de zero.

Não tem como

"Onde Nascem os Fortes" é o exemplo, pronto e acabado, de um dos maiores trabalhos da teledramaturgia brasileira nos últimos tempos.

Como conjunto da obra, não tem para ninguém. Por aí se entenda texto, trabalho de direção, elenco, luz e tudo mais que tem direito.

Única coisinha

Talvez pessoal, questão de RG antigo ou outro qualquer, mas que pessoalmente incomoda é o volume muito baixo em algumas cenas.

Quase um sussurro. Mas nada, diante de tantas qualidades.

Horário reservado

A Globo parece que está isolando esse seu horário das 11 da noite para a produção de grandes trabalhos.

No ano passado, "Os Dias Eram Assim", independentemente do que tentou resgatar como história, também se destacou pela ousadia da sua produção.

Comando feminino

Anitta e Tatá Werneck foram anunciadas na segunda-feira (25) como apresentadoras do tradicional "Prêmio Multishow", que chega à sua 25ª edição este ano. A cantora faz sua estreia no comando.

Só que muita gente estranhou o fato de Fábio Porchat ter ficado de fora --ele fez 2016 e 2017, com a Tatá.

Rayssa Bratillieri - Victor Pollak/TV Globo
Rayssa Bratillieri
Imagem: Victor Pollak/TV Globo
Ganhando espaço

"Malhação – Vidas Brasileiras" é o trabalho de estreia de Rayssa Bratillieri, jovem de Apucarana (PR, que passou em terceiro lugar no vestibular de Engenharia, mas acabou optando pela carreira de atriz.

A sua personagem, Pérola, foi usada para a novela abordar a questão de transtorno alimentar.

Pode isso, Arnaldo?

Em vez dos lances duvidosos, hoje a grande discussão do futebol é a presença do VAR.

Na Copa do Mundo em jogo, está complicado saber de quem é a última palavra, se a do árbitro em campo ou do de vídeo. Pior é quando se faz necessária a interpretação. Isso ainda vai dar muito rolo.

Investimento

Marcos Mion, novo apresentador de "A Fazenda", também está produzindo conteúdo exclusivamente para a plataforma online PlayPlus, do Grupo Record.

Um serviço que vai disponibilizar atrações e programas da casa, e também oferecer produtos de outras realizadoras.

O cantor Daniel - Gianne Carvalho/TV Globo
O cantor Daniel
Imagem: Gianne Carvalho/TV Globo
Estreia

Dia 4, segunda, Daniel inicia a quarta temporada de "Versões" no canal Bis.

Desta vez, vai começar com uma homenagem a Roberto Carlos, fazendo releituras de algumas das suas românticas mais famosas, como "Detalhes", "Esse Cara Sou Eu" e "Como é Grande Meu Amor por Você", entre outras.

Futebol

Existe, sim, um acordo encaminhado da Band com a Federação Paulista de Futebol para a cobertura do campeonato Sub-20.

A competição, inclusive, já está em andamento, e tudo indica que são grandes as possibilidades de o acerto ser assinado já na próxima semana. Transmissões aos domingos, a partir do meio-dia.

Bate – Rebate
• Junno Andrade, namorado da Xuxa, terá dupla função no "Canta Comigo", do Gugu...
• ... Além de um dos jurados especiais, será repórter do programa.
• As mudanças na programação do SBT podem surgir já no decorrer da próxima semana.
• Luiz Andreoli está com seu programa, todos os domingos, às 20h30, na Record News...
• ... A apresentadora Janice de Castro e o cantor Maurício Manieri serão os seus convidados de amanhã.
• Douglas Tavolaro, livre de outros compromissos, está muito mais à frente do Jornalismo da Record...
• ... Mesmo delegando funções, todas as principais decisões partem ou passam por ele.
• Depois da Anitta, domingo passado, neste sábado será a vez de Ivete Sangalo se apresentar no "Rock in Rio Lisboa"...
• ... Transmissão do Multishow, a partir das 13h45, horário de Brasília.
• Gravações de "Deus Salve o Rei" devem continuar normalmente pelas próximas semanas...
• ... A previsão é que devem se encerrar às vésperas da exibição do seu último capítulo, dia 30 de julho.

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco