Topo

Coluna

Flávio Ricco


Os caros campeonatos europeus não empolgam as TVs brasileiras

Cristiano Ronaldo foi apresentado na Juventus, da Itália - Divulgação
Cristiano Ronaldo foi apresentado na Juventus, da Itália Imagem: Divulgação
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

28/07/2018 00h06

A quem interessar possa, está aberta a disputa pelos direitos do campeonato italiano, temporada 2018-2019.

Não bastassem outros encantos, a simples presença do CR7 já faz toda uma diferença. O apelo, até a página dois, pode ser dos mais interessantes.

Só que tem um porém: nada, em se tratando das suas transmissões, será possível por menos de 25 milhões de dólares. Isso aí. Muita bala.

No que diz respeito à TV aberta, mantidos esses valores, a chance é nenhuma de alguma emissora fechar. Globo não se interessou e Band já disse não, resumindo a briga para os canais fechados. O agravante, além do tamanho do dinheiro, é o tempo jogando contra. A primeira rodada está confirmada para 19 de agosto, com os jogos se estendendo até 26 de maio do ano que vem. Tudo muito em cima do laço.

Mas se ainda existe a chance de sair negócio com o italiano, o silêncio em relação ao francês chega a ser no mínimo estranho. Nada se fala sobre ele, apesar de estrelas como Mbappé, Cavani e o nosso Neymar continuarem como atrativos bem respeitáveis.

Ou será que não?

Vem aí
A Globo confirma para 16 de setembro a estreia do novo “Popstar”, agora com apresentação de Taís Araújo.
Serão 10 programas. O último em 18 de novembro. Tiago Abravanel vai seguir fazendo os bastidores.

Suzane Von Richthofen, tema do filme "A Menina que Matou os Pais" - Marcelo Goncalves/Sigmapress
Suzane Von Richthofen, tema do filme "A Menina que Matou os Pais"
Imagem: Marcelo Goncalves/Sigmapress

Vai sair
A produção está na ativa para dar início aos trabalhos do filme da Suzane Von Richthofen, “A Menina que Matou os Pais”.
Não sei o que é pior: o título ou levar para os cinemas uma história como essa.
Aliás, durante entrevista na manhã de ontem na rádio Bandeirantes, o diretor Maurício Eça cogitou abrir uma enquete para saber do público quem deveria viver Suzane. O problema é saber quem vai aceitar.

Fim da entourage
Por determinação dele próprio, a partir de agora não será mais permitida a presença de acompanhantes nas gravações do “Programa Silvio Santos”.
É o convidado e só. Ele está daquele jeito.

Tempos em tempos
Os altos e baixos internos no SBT funcionam muito de acordo com o humor do dono. Agora ele quer saber – o Daniel Castro até noticiou, por onde estão vazando notícias do seu programa. O responsável por isso.
Perigas de botar fogo na floresta para encontrar o macaco.

Mais uma
Mesmo com todo noticiário jogando contra, Juju Salimeni, anuncia nova mudança completa em seu rosto.
Outro procedimento estético já confirmado para terça-feira numa clínica de Moema.

Marina Moschen, a Selena de "Deus Salve o Rei" - João Miguel Junior/TV Globo
Marina Moschen, a Selena de "Deus Salve o Rei"
Imagem: João Miguel Junior/TV Globo

Cena do último
A guerreira Selena, personagem de Marina Moschen, termina “Deus Salve o Rei” como rainha de Lastrilha, após revelação de que é filha de Otávio (Alexandre Borges).
Marina cresceu na trama, após a entrada do supervisor Ricardo Linhares.

Vai que vai
O diretor Virgílio Abranches voltou a trabalhar no “Domingo Show”, do Geraldo Luís, na Record.
Algo que só reforça o noticiário interno sobre processo de revitalização no programa. É o efeito sanfona: primeiro esvazia, tira toda força, depois volta a investir.

Interrogação
Podem existir zilhões de motivos para explicar os problemas das novelas na Record, mas nunca a falta de bons atores. É extensa a lista dos tantos craques já escalados em suas produções.
Sem contabilizar os mais rodados, são inúmeros os que saíram de lá, como Sophia Abrahão, Chay Suede, Letícia Colin, Mel Fronckowiak e Juliane Trevisol, entre tantos outros. Todos fazendo sucesso.

Preguiça
Já que existem e se prestam a tal, os programas de fofoca na TV deveriam arregaçar as mangas e trabalhar um pouco mais.
Ficar só nessa de chumpinhar notícias dos outros não dá. Ao trabalho, pessoal. É bom e não tem contraindicação.

Bate – Rebate
• Rede TV! está perto de fechar a Premier League. Há a expectativa de bater o martelo com a ESPN na semana que vem...
• ... Desta forma, fará valer a sua prioridade. Band, como nada ainda foi para o papel, continua como segunda interessada.
• A TV Aparecida vai exibir em agosto, nas sessões “Super Quarta”, às 20h, e “Cine Família”, domingo, 12h30, produções biográficas de santos...
• ... Dois dos títulos da lista são inéditos: “Kateri, o Lírio de Deus” e “Padre Aloísio, a Santidade Cotidiana”, este último sobre a história do religioso que está em processo de beatificação no Vaticano.
• Pessoal da Xuxa desembarca em São Paulo na segunda-feira para as primeiras audições do novo “Dancing Brasil”...
• ... As inscrições se encerraram ontem.
• A MTV vai exibir hoje e amanhã, a partir de 6 da tarde, o maior festival de eletronic dance music do mundo, o “Tomorrowland Bélgica”. Exclusividade na TV paga.
• Com seus titulares ausentes - Paloma Tocci em licença maternidade e Boechat de férias, o “Jornal da Band” está sendo apresentado por Lana Canepa e Rodolfo Schneider.
• O quadro do chapéu é sempre uma atração no “Programa do Raul Gil” no SBT...
• ... Sérgio Mallandro será o convidado deste sábado.

*Colaborou José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Flávio Ricco