PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

Record vai transformar épico "Ben-Hur" em próxima novela religiosa

Charlton Heston como "Ben-Hur", no filme de 1959 - Reprodução / IMDB
Charlton Heston como "Ben-Hur", no filme de 1959 Imagem: Reprodução / IMDB
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

03/08/2018 00h05

A Record adquiriu os direitos do romance “Ben-Hur”, escrito por Lew Wallace e publicado em novembro de 1880, para transformar em novela religiosa.

Título já registrado, como "Ben Hur - Uma História dos Tempos de Cristo".

Pela ordem, será exibida na sequência de “Gênesis”, de Gustavo Reiz, que será a próxima atração do horário, no lugar de “Jesus”.

Só que ainda não foi feita a escolha de quem assinará a adaptação.

A história inteira gira em torno de um personagem fictício, Judá Ben-Hur, contemporâneo de Jesus Cristo. Foram várias as suas produções para o teatro, mas o grande sucesso aconteceu no cinema, em 1959, em filme dirigido por William Wyler, com Charlton Heston no papel principal.

Das doze indicações ao Oscar, levou onze estatuetas.

Em se tratando da Record, bom repetir, será um trabalho feito inteiramente em cima do livro. 

*Colaboração de José Carlos Nery

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco