PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

Globo produz série sobre investigação de crimes ambientais na Amazônia

Débora Falabella gravará nova série da Globo em Manaus  - Manuela Scarpa/Brazil News
Débora Falabella gravará nova série da Globo em Manaus Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

05/08/2018 00h06

O Grupo Globo, em parceria com a Maria Farinha Filmes, deu o start nos trabalhos da minissérie “As Mulheres de Gaia”, título provisório de uma história sobre três amigas, chefes de uma ONG, e outra, novata da instituição, que passam a investigar uma quadrilha de crimes ambientais na Amazônia. Débora Falabella, Leandra Leal e Tais Araújo já estão confirmadas no elenco. Com gravações marcadas para Manaus, a trama chega num momento em que nunca se falou tanto a respeito de preservação e sustentabilidade.

“A série conta muito sobre a vida de Natalie, Verônica, Luíza e Clara: uma jornalista, uma advogada e uma antropóloga, líderes de uma ONG, e a estagiária da organização. Cada uma em sua trilha investigativa junta um mosaico de evidências sobre o grande esquema de garimpo ilegal de ouro na América Latina e suas consequências”, detalha sua autora, Estela Renner.

Já para Marcos Nisti, também criador e autor da série, os personagens têm um pouco de cada pessoa que entrevistaram para a obra: “As situações pessoais são pura ficção, as processuais são extremamente ligadas com a nossa realidade”, explica.

Sob encomenda para o novo serviço de streaming do Grupo, “Gaia” terá direção de Carlos Manga Jr. e da própria Renner, uma das fundadoras da produtora Maria Farinha Filmes.

Ivete na maratona

Ivete Sangalo já pode ser confirmada na próxima edição da campanha Teleton, no SBT, programada para os dias 9 e 10 de novembro.

Aliás, um dos projetos que ela faz questão de sempre apoiar.

Trânsito livre

Como detalhe interessante, nesta temporada, o “The Voice” terá sua grande final em setembro e, a partir dali, seus técnicos poderão atender normalmente convites de outras emissoras.

Algo que também deverá jogar a favor do Teleton.

A propósito

No próximo dia 14, a Globo dará início à fase das batalhas no “The Voice”.

Esse que é considerado um dos pontos altos do programa comandado por Tiago Leifert.

Preço da desordem

O “Jornal da Record” estreia amanhã, segunda, a série “A Conta da Violência”. Segundo o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), o país perde 6% de seu PIB por causa da violência.

O ponto maior é a perda de vidas, uma vez que a interrupção abrupta desse ciclo gera impactos que não podem ser ignorados. Uma mãe perde um filho, uma universidade perde um estudante, uma empresa perde um profissional, uma nação perde mais um cidadão.

Renovação

Hoje, há cerca de 20 projetos de humor em avaliação e, consequentemente, buscando um lugar ao sol na programação da Globo.

Muitos deles poderão ser testados a partir do segundo semestre de 2019, quando se pretende disparar uma grande renovação no setor.

E o Stepan?

Para ganhar espaço na programação da Band, dias de hoje, todo e qualquer projeto precisa ser viabilizado comercialmente. Se pagar em pleno voo é um caminho que já proporcionou muito prejuízo e não se aceita mais.

Netinho de Paula ouviu isso, Luisa Mell também, e resta saber como ficará o programa do Stepan Nercessian, previsto para o ano que vem, nas tardes de sábado.

Interrogação

O que será da HBO após o fenômeno “Game Of Thrones”? É a pergunta que se faz em produtoras de conteúdo daqui e, certamente, em outras partes do planeta.

Dificilmente, em curto espaço de tempo, surgirá algo tão impactante para suprir a lacuna que será deixada pela série.

Bárbara Reis e Luka Ribeiro  - Divulgação - Divulgação
Bárbara Reis e Luka Ribeiro
Imagem: Divulgação
Segunda fase

Bárbara Reis e Luka Ribeiro entram na segunda fase de “Jesus”, na Record, e vão até o final. O ator faz o Shabaka, um ex-gladiador vitorioso, pai de Susana(Reis), que segue seus passos, como gladiadora.

Shabaka será proprietário de uma hospedaria, local dos principais encontros dos personagens da novela.

Na raça

Quando alguém recebe um papel que permite ser bem explorado, o resultado, às vezes, aparece logo de cara.

É o caso da Rochelle, vivida por Giovanna Lancellotti em “Segundo Sol”. Entrou na personagem e não tem decepcionado. Aliás, Giovanna é boa atriz, porém, não possui o mesmo marketing da vida de outras.

Conquistas

Duas séries coproduzidas pela O2 Filmes e Globo foram premiadas no 12º Prêmio Fiesp/Sesi-SP de Cinema e TV. “Malasartes”, dirigida por Paulo Morelli foi eleita a Melhor Série de Ficção e Jesuíta Barbosa, o Pedro Malasartes, o  Melhor Ator.

“Treze Dias Longe do Sol”, dirigida por Luciano Moura, venceu na categoria Melhor Série de ficção para TV Fechada ou OTT(distribuição por meio de internet). 

Bate – Rebate

• “Fausto - O Dragão Que Queria Ser Dragão”, livro infantil, de André Romano, pela editora Giostri, chega em breve ao mercado...
• ...A jornalista Cristina Padiglione escreve a “orelha” desse trabalho.
• Após uma rápida pausa, Serginho Groisman retoma as gravações do “Altas Horas” na próxima quinta-feira.
• O “Hora 1”, que vem aí turbinado, vai investir na figura dos colunistas.
• A direção do SBT já assistiu aos primeiros episódios da segunda temporada de “A Garota da Moto”, devidamente editados...
• ... O trabalho da Mixer recebeu muitos elogios da casa.
• Segundo Aguinaldo Silva, só ele e o diretor Rogério Gomes sabem como ficará o novo penteado de Marina Ruy Barbosa para “O Sétimo Guardião”...
• ...Promessa de uma mudança radical. 
• A Record, garantida nos Jogos Pan-Americanos de 2019, no Peru, também fechou a transmissão dos Jogos Pan-Americanos de 2023, no Chile.  
*Colaborou José Carlos Nery

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco